Domingo, Julho 14, 2024
Domingo, Julho 14, 2024

SIGA-NOS:

Eleições: “Queremos que o Alentejo volte a liderar a agenda do turismo nacional”

-PUB-spot_img

José Manuel Santos, candidato à presidência da Entidade Regional do Turismo (ERT) Alentejo e Ribatejo, quer que a região “volte a liderar a agenda do turismo nacional como já liderou no passado”. Esta é uma das ambições da candidatura liderada por José Manuel Santos às próximas eleições da ERT que deverão decorrer no próximo mês de julho.

O candidato, juntamente com alguns membros da lista, designadamente Pedro Beato, Conceição Grilo, Rui Raposo, Isabel Vinagre, José Bizarro e Nuno Pina, esteve em Lisboa esta quinta-feira, dia 4, para a apresentação da candidatura designada por “Nova Ambição – Construir o Futuro.Turismo do Alentejo.Turismo do Ribatejo 2023”.

Sobre a lista que representa, José Manuel Santos afirma tratar-se de grupo abrangente e eclético de pessoas ligadas o mundo do turismo, quer à operação turística propriamente dita, através de dirigentes de associações representativas do setor e diretores e altos quadros de grupos empresariais, empresários, diretores de hotel, pessoas ligadas distribuição, restauração, à administração pública e ao mundo das autarquias”.

José Manuel Santos é atualmente Diretor de Departamento da ERT do Alentejo e Ribatejo. Pese embora esta candidatura tenha “algumas linhas de continuidade com aquilo que tem sido o trajeto da ERT”, o candidato afirma que é também uma oportunidade para “uma mudança geracional e de atitude, capitalizando a experiência e o conhecimento que temos sobre o setor do turismo, sobre o território, apresentando aos nossos associados um projeto novo, diferente e refrescante”.

Esta candidatura pretende olhar “para o trabalho clássico das ERT’s de forma diferente, mais cúmplice com a operação turística e o trade nacional, estabelecendo uma relação mais direta com a ARPT, porque havendo duas entidades, que têm missões diferentes, elas têm de comunicar e trabalhar quase como se fosse dois departamentos dentre de uma mesma organização”, defende.

Ainda sobre a lista que encabeça, José Manuel Santos afirma que a mesma representa vários territórios e vários sub-setores, realçando tratar-se de “uma equipa do turismo, que não depende de nenhum interesse político, de nenhum partido ou centro de interesse. Não que os partidos não tenham legitimidade para propor os seus candidatos, mas o nosso projeto não tem esse ADN”.

Por entender que uma “candidatura tem de ter princípios e valores”, que estruturam depois as linhas de ação, José Manuel Santos, identificou os seis princípios que regem o programa da sua equipa

O primeiro princípio é ‘Ambição’ . “A ERT deve assumir, inequivocamente, a liderança da agenda das políticas públicas locais e regionais, nas áreas da sustentabilidade da ligação do turismo com o conhecimento, com a inovação, a cultura e o ambiente, na comunicação e no  marketing”.

Por sua vez, no princípio da ‘Clarificação’, José Manuel Santos tocou na questão do Ribatejo, para dizer que a candidatura defende a clarificação da denominação estatutária da ERT e uma autonomização estratégica deste território no âmbito da área regional de turismo NUT II, através da adoção de uma planificação de marca diferenciada”.  

Por outro lado, José Manuel quer que a ERT assuma o papel de “agredador”.  “Temos as Comunidades Intermunicipais (CIM’s), temos municípios, temos várias redes de oferta, as empresas, tem de haver um elo, alguém que seja agregador de tudo isto. Foi para isso que as ERT’s foram criadas. Se não fizerem isso, é normal que desapareçam. Temos de ocupar o espaço que advém das nossas próprias atribuições e competências”.

Quantos aos outros princípios que regem esta candidatura, são eles a Influência, a Proximidade, a Segmentação e a Responsabilização.

Em matéria de Proximidade, José Manuel Santos destacou o papel do conselho de marketing – liderado nesta candidatura por Nuno Pina, diretor regional de operações do Grupo Pestana. “terá um papel muito importante na questão da estratégia. (…) Por outro lado, tem de haver por uma lógica de digital first na área da promoção, vamos muito atrasados no digital, temos que recuperar caminho, a nossa intervenção não se pode resumir a um site”.

Já no que diz respeito ao princípio da Responsabilização, esta candidatura pretende que a ERT adopte um modelo de “atuação que valorize a dimensão da avaliação ao desempenho dos seus órgãos e particularmente da comissão executiva, promovendo um modelo de monitorização abrangente e transparente, no qual seja visível, ao longo do tempo, a relação entre objetivos e resultados mensuráveis.”

José Manuel Santos deu outros exemplos do que a candidatura que lidera pretende fazer, em áreas tão diferentes como a atração de investimento e pessoas para o território ou o segmento MICE

“Entendemos que há muitas pessoas que estão a trabalhar em Portugal, que gostariam de vir trabalhar para a hotelaria no Alentejo. A nossa ideia é gizar um plano (one-stop shop) em que possamos trazer uma pessoa ou uma família e ter, no fundo, uma resposta integrada, com formação, alojamento, isso significa trabalhar em rede, com os municípios”.

Por outro lado, sublinha, “a nossa candidatura é pro-business, queremos criar a figura de um ‘cicerone do investidor’, ou seja, um facilitador, que para alguns projetos estratégicos, ajude o investidor no contacto com diversas entidades”.  

José Manuel Santos é licenciado em Sociologia e pós-graduado em Administração Pública e Desenvolvimento Regional, com Curso de Mestrado em Estudos Europeus.

Quadro Superior do Ministério da Economia desde abril de 1997, sempre ligado ao Turismo do Alentejo. Foi Membro da Comissão Instaladora da Turismo do Alentejo, ERT, Secretário Geral da mesma entidade e é atualmente Diretor de Departamento.

Lista candidata

Comissão Executiva

José Manuel Santos – Candidato a Presidente da ERT do Alentejo e Ribatejo

Pedro Beato – Diretor do Núcleo de Inovação e Qualificação da Oferta da ERT do Alentejo e Ribatejo

Conceição Grilo – Diretora da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre do Turismo de Portugal

Pedro Ribeiro – Presidente da Câmara Municipal de Almeirim e da CIM da Lezíria do Tejo

Carlos Moura – Presidente da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal

Rui Raposo – Presidente da Câmara Municipal da Vidigueira e vice-presidente da CIM do Baixo Alentejo

Porfírio Perdigão – Diretor Regional de Operações da Vila Galé Hotéis

Jaime Serra –  Professor da Universidade de Évora e Co-Coordenador do Observatório de Turismo Sustentável do Alentejo e Ribatejo

Isabel Vinagre – Administradora da Companhia das Lezírias e da Coudelaria de Alter do Chão

José Bizarro – Vice-presidente da APAVT -Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo

Assembleia Geral

Álvaro Beijinha – Presidente da Câmara de Santiago do Cacém e candidato Presidente da Mesa da Assembleia Geral

José Pedro Calheiros – Fundador e Diretor Geral da SAL – Sistemas de Ar Livre e Candidato a Membro da Mesa da Assembleia Geral

Conselho de Marketing

Nuno Pina – Diretor Regional de Operações do Grupo Pestana e candidato a Presidente do Conselho de Marketing

Rita Soares – Fundadora e Administradora da Herdade da Malhadinha Nova

Jorge Rosado – Administrador da Marvão Sustentável

Mónica McGill – Presidente da Associação Casas brancas

João Madeira – Administrador do Tróia Resort

Luísa Rebelo – Diretora Geral do Torre de Palma Wine Hotel

João Raposo – Diretor Geral da EmViagem

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img