Domingo, Agosto 14, 2022
Domingo, Agosto 14, 2022

SIGA-NOS:

Relançado concurso do Revive para a concessão do Paço Real de Caxias

Foi relançado esta quinta-feira, 4 de agosto, o concurso público ao abrigo do programa Revive para a concessão do Paço Real de Caxias, em Oeiras, imóvel construído em meados do século XVII e que se encontra classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1953.

No decorrer deste novo procedimento, o imóvel será concessionado por 50 anos, por uma renda anual mínima de 174.912 euros, prevendo um investimento de recuperação de 11 milhões de euros. A área de construção total é de 5.187 m2.

Os investidores interessados terão agora um prazo de 48 dias para apresentarem propostas no novo concurso, em condições semelhantes às do concurso anterior.

O Paço Real de Caxias é um dos 33 imóveis inscritos na primeira fase do Revive, que neste momento reúne já 52 imóveis, sendo este um programa conjunto das áreas governativas da economia, da cultura, das finanças e da defesa, concebido em estreita articulação com as autarquias locais e que tem como principal objetivo retomar e valorizar património público devoluto e apoiar a atratividade dos destinos regionais.

Recorde-se que este imóvel já fora anteriormente concessionado, em março de 2020, no início da pandemia, à Imobimacus – Sociedade Administradora de Imóveis, S. A. (Grupo Turim Hotéis), com um investimento previsto de cerca 11,6 milhões de euros.

Em 2022, identificando a impossibilidade da execução dos termos do contrato pela concessionária, as partes acordaram na sua revogação, sendo agora lançado novo concurso que tenciona, finalmente, revigorar este imóvel histórico, em frente à linha de costa, no concelho de Oeiras, no qual sobressaem as esculturas nos jardins, os tetos pintados e os azulejos azuis e brancos na fachada do edifício principal.

Para a Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, “o Paço Real de Caxias é um ativo estratégico, que merece ser valorizado e divulgado. O Programa Revive ajudará a que este património seja requalificado, passando a acolher um projeto turístico de qualidade tal como se impõe”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img