Quarta-feira, Agosto 10, 2022
Quarta-feira, Agosto 10, 2022

SIGA-NOS:

Termas do Centro criam rede de “geocaching” para atrair visitantes

Foi criada uma rede de ‘geocaching’, pelas Termas do Centro de forma a incentivar a deslocação de novas pessoas às estâncias termais, logo que seja possível circular em segurança.

Segundo a rede Termas Centro, cujo promotor líder é a Associação das Termas de Portugal – Delegação Centro, terminou a primeira fase da instalação de um conjunto de “geocaches” no território de estâncias termais, composta por 20 estâncias.

Segundo o comunicado divulgado esta terça-feira, dia 23, quando a rede de ‘geocaching’ estiver completa vai ter disponíveis 50 “geocaches”.

A equipa responsável pela iniciativa começou por fazer o levantamento prévio da oferta de ‘geocaching’ no território, ao que se seguiram ações de trabalho de campo, para reconhecimento e georreferenciação dos pontos de interesse para a criação da rede das Termas Centro.

No mesmo comunicado, o coordenador da rede Termas Centro refere que “com esta rede de ‘geocaching’ Termas Centro queremos estimular a vinda de novas pessoas às estâncias termais da região, a partir do momento em que seja possível circular em segurança”.

O “geocaching” é uma atividade recreativa ao ar livre, feita em família, ou isoladamente, e que consiste em encontrar objetos georreferenciados (‘geocaches’), que estão escondidos em locais públicos. A criação da rede de ‘geocaching’ está inserida no ciclo de animação em rede “Viva Termas Centro”, promovido pela rede Termas Centro nas suas estâncias termais. Um total de 20 estâncias termais integram o consórcio Termas Centro.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img