Domingo, Fevereiro 25, 2024
Domingo, Fevereiro 25, 2024

SIGA-NOS:

Três em cada dez agentes espanhóis consideram que a recuperação turística virá no outono

A maioria dos agentes de viagens espanhóis considera que a retoma da atividade turística ainda não ocorreu, de acordo com dados do Observatório Nacional de Emissores de Turismo (ObservaTUR). 

Para 35% dos agentes espanhóis, consultados pela Observatur, a retoma da atividade turística só ocorrerá no próximo outono, enquanto uma maior percentagem (44%) aponta para a retoma da normalidade em 2022. Mas 16% aposta no inverno deste ano.

Questionados sobre o momento exato em que a recuperação ocorrerá, 48% afirma que ela já foi retomada, contra 40% que acredita que só quando a maioria da população europeia e espanhola for vacinada e 12% que considera que a vacinação deve ser estendida a todos os continentes para retomar a atividade turística global.

O que a maioria das agências de viagens espanholas concorda é que a recuperação da normalidade económica e a sua equalização com os níveis pré-pandémicos exigirá pelo menos mais um ano.

Assim, 90% dos agentes espanhóis considera que em 2021 os níveis de faturação de 2019 não serão recuperados, o que representa um aumento de 6% em relação ao levantamento que a empresa realizou no inverno.

No entanto, a estimativa mais frequente é que entre 50% e 80% do que foi alcançado em 2019 seja cobrado (49,3%), enquanto no inverno a estimativa maioritária revelou uma expetativa menor, entre 30% e 50%.

Por outro lado, um terço dos viajantes que planeavam tirar férias neste verão (71% dos consultados) iria fazê-lo contratando os serviços de uma agência de viagens, de acordo com ObservaTUR.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img