Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Turismo Português em Alta: Um Olhar sobre as Novas Medidas Governamentais e o Novo Governo

O turismo em Portugal está a atravessar um período dourado, com indicadores de crescimento robustos, consecutivos nos últimos dois anos e com 2024 projetando-se como o ano mais lucrativo de sempre para o setor. Este sucesso não é fruto do acaso, mas resultado de uma série de medidas estratégicas implementadas pelo governo anterior e pelo Turismo de Portugal, que visaram não só a recuperação pós-pandemia, mas também a sustentabilidade de longo prazo do setor.

Recentemente, o Programa do Governo, entregue ao novo Presidente da Assembleia da República, José Aguiar-Branco, delineou 12 pontos cruciais para impulsionar ainda mais o turismo. Entre eles, destacam-se a rápida decisão sobre a construção de um novo aeroporto e a revisão da Lei nº 33/2013, que pretende regular o setor. Estas medidas visam modernizar a infraestrutura e adaptar a legislação às novas realidades do mercado.

Além disso, o governo pretende eliminar a Contribuição Extraordinária sobre o Alojamento Local e rever as licenças do programa Mais Habitação, procurando uma maior flexibilidade e adaptabilidade para os empresários do setor. O foco em mercados de alto valor e a luta contra a sazonalidade são estratégias claras para elevar Portugal a um patamar de excelência constante.

A nomeação de Pedro Machado, ex-presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro e da Agência de Promoção Turística do Centro, como uma das figuras centrais nesta nova fase, foi amplamente celebrada. Considerado um dos profissionais mais capacitados dos últimos 20 anos, Pedro Machado traz uma mistura rica de experiência e inovação, essenciais para a condução das ambiciosas metas do governo. A sua visão para o turismo está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas e com a Estratégia Portugal 2030, garantindo que as políticas turísticas promovam não apenas o crescimento econômico, mas também a sustentabilidade ambiental e cultural.

Este governo tem também a enorme responsabilidade de continuar a apoiar o setor do turismo, um dos pilares de desenvolvimento e recuperação do país. Isso inclui agilizar a atribuição de financiamentos públicos e garantir uma elevada execução do quadro comunitário em vigência, bem como do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Estas ações são absolutamente fundamentais para que o turismo continue a ser um motor de crescimento e inovação no panorama nacional.

Entre outras iniciativas, o governo pretende atrair transporte aéreo mais diversificado, investir em infraestruturas turísticas e apoiar a formação contínua em turismo. Estas ações pretendem solidificar a posição de Portugal como um líder turístico global, especialmente em nichos como a economia azul, o mar e as atividades náuticas.

Com a liderança experiente de Pedro Machado e uma agenda governamental claramente definida, Portugal posiciona-se para não apenas liderar na recuperação turística europeia, mas para estabelecer novos padrões de excelência e sustentabilidade no turismo mundial. É um momento excitante para o país, com o setor turístico à beira de uma nova era de inovação e crescimento.

Por Hugo Teixeira Francisco

Co-fundador e Chief Marketing Officer da Portugal Green Travel DMC & Consulting, DNA Travel & Events e Foge Comigo por Portugal. Formador na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra e na Academia Digital do Turismo de Portugal.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img