Domingo, Fevereiro 25, 2024
Domingo, Fevereiro 25, 2024

SIGA-NOS:

Valência eleita Capital Europeia do Turismo Inteligente 2022

Valência foi nomeada, esta terça-feira, Capital Europeia do Turismo Inteligente 2022 numa iniciativa promovida pela União Europeia (UE).

A candidatura da cidade espanhola foi a selecionada, juntamente com Bordéus, em França, perante um total de 30 candidaturas de 16 países. Foi o compromisso de Valência em
desenvolver projetos que promovam o turismo inteligente; o trabalho em rede e o
incentivo ao desenvolvimento do turismo inovador, sustentável e inclusivo, que levou o júri da Comissão Europeia, especializado em acessibilidade, sustentabilidade, digitalização, património cultural e criatividade, a esta seleção final.

Para o Conselheiro de Turismo da Câmara Municipal de Valência, Emiliano García, esta distinção da UE “é um reconhecimento do trabalho no domínio da sustentabilidade que o destino de Valência está a desenvolver, juntamente com o setor empresarial”. “Valência posiciona-se como um destino turístico cosmopolita, inteligente e sustentável, ao nível das grandes cidades turísticas e das capitais europeias. Estamos a liderar projetos pioneiros no campo da sustentabilidade, tais como o cálculo, certificação e redução de pegadas de carbono e água; ou o desenvolvimento de um Sistema de Inteligência Turística completo”, salienta, referindo ainda que o destino espanhol está a posicionar-se como destino de filmagens internacionais, tendo criado para o efeito um Gabinete de Cinema.

A seleção de Valência como Capital Europeia do Turismo Inteligente será apoiada por
especialistas em comunicação e desenvolvimento de marca ao longo do próximo ano.

Entre os vários projetos implementados pelo destino que contribuíram para esta seleção está, no campo da sustentabilidade, a auditoria da pegada de carbono e água da atividade turística, e o correspondente plano para a sua redução e compensação com o objetivo de alcançar a neutralidade de carbono no turismo até 2025.

Em termos de acessibilidade, destacam-se os esforços feitos para aumentar o espaço
dedicado aos peões, o compromisso com a mobilidade sustentável – com mais de 156
kms de ciclovias -, a promoção de instalações com equipamento especial e a eliminação de barreiras arquitetónicas, bem como os projetos desenvolvidos para adaptar a oferta turística às pessoas com mobilidade reduzida.

Quanto à digitalização, está a ser promovida uma plataforma de dados (SIT-Tourist Intelligence System) para a tomada de decisões no setor empresarial valenciano, ferramentas de comunicação com turistas (chatbots), cinco quiosques inteligentes de informação turística – que ajudam os viajantes 24 horas por dia, 7 dias por semana – bem como experiências de geocaching para descobrir a cidade e alguns dos seus principais recursos através de aplicações digitais, tais como o Santo Graal.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img