Domingo, Junho 23, 2024
Domingo, Junho 23, 2024

SIGA-NOS:

WTTC: Estudo aponta para um “declínio consistente” das emissões de carbono do turismo na última década

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo ( WTTC ) e o Centro Global de Turismo Sustentável (STGC), do Ministério do Turismo da Arábia Saudita, divulgaram esta quarta-feira, dia 25, o mais recente relatório sobre o impacto ambiental do setor do turismo.

No ano passado, durante a Cimeira Global do WTTC em Riade, as duas organizações lançaram a colaboração e revelaram pela primeira vez os resultados inaugurais, incluindo as emissões precisas de gases com efeito de estufa do setor.

Ahmed Al Khateeb, Ministro do Turismo da Arábia Saudita, disse: “A nossa pesquisa destaca o declínio consistente da intensidade das emissões de Viagens e Turismo na última década. Embora o crescimento anual do PIB do setor tenha sido em média 4,3%, as emissões cresceram apenas 2,5% ao ano entre 2010-2019. Ainda assim, o compromisso contínuo para alcançar emissões líquidas zero para o setor das Viagens e Turismo nunca foi tão importante.”

“Acreditamos firmemente que as Viagens e Turismo são parte da solução e é por isso que a Arábia Saudita assumiu um papel de liderança para acelerar e acompanhar esta mudança para promover a sustentabilidade em todo o setor, proteger a natureza e apoiar as comunidades.”

O lançamento de hoje não só conta o impacto direto do setor, mas também os impactos na cadeia de abastecimento, tanto dentro das fronteiras nacionais como aquelas que estão incorporadas nas cadeias de abastecimento internacionais de Viagens e Turismo. Os dados inovadores abrangem 185 países em todas as regiões e serão atualizados todos os anos com os números mais recentes.

Com base na Pesquisa de Impacto Económico do WTTC, esta iniciativa apresenta fichas informativas individualizadas para cada país e principais regiões globais, e um microsite dedicado que permite aos utilizadores explorar os dados em detalhe.

Julia Simpson, presidente e CEO do WTTC, disse : “Hoje marca um momento crucial para o setor global de viagens e turismo. Através destes dados, destacamos o impacto multidimensional do setor – económica, ambiental e socialmente. Estamos a falar de uma visão que vai além do turismo e se inclina para o seu futuro sustentável. Com estes dados, não estamos apenas a refletir sobre onde estamos agora, mas a traçar ativamente o nosso rumo para um futuro onde o setor reduza progressivamente a sua pegada ambiental e aumente o seu impacto social.”

Os dados convergem métricas económicas com questões cruciais como emissões de gases com efeito de estufa, utilização e composição de energia, utilização de água doce, poluição atmosférica e utilização de recursos, bem como idade, género e perfis salariais de diferentes empregos, bem como indicadores harmonizados numa vasta gama dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Os dados abrangentes revelam a relação entre cada dólar gerado pelas Viagens e Turismo na economia e o seu consequente impacto ambiental e social.

Os principais destaques da investigação incluem:

  • O setor das Viagens e Turismo demonstra uma tendência impressionante de dissociar a sua pegada ambiental do crescimento do seu PIB.
  • As principais conquistas incluem reduções na intensidade do uso de água, emissões de gases de efeito estufa, consumo de energia e extração de materiais.
  • A participação das Viagens e Turismo no consumo global de energia ascendeu a 10,6% em 2019
  • O setor representou 0,9% do consumo global total de água em 2019
  • A pegada material das Viagens e Turismo é responsável por 5-8% da extração global de materiais
  • A monitorização do relatório estende-se a poluentes como monóxido de carbono, amónia e óxidos de nitrogénio, entre outros.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img