Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

SIGA-NOS:

“A formação é importantíssima, pois só assim podemos pagar melhores salários”

Daniela Silvestre, docente da Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão, foi distinguida na categoria de Melhor Carreira Jovem na edição de 2021 dos prémios da Hospitality Education Awards. Em conversa com o TNews, Daniela Silvestre revela mais sobre o seu percurso profissional.

Para a premiada, esta distinção representa “o reconhecimento nacional ao longo dos anos de trabalho, tanto ao nível de front-office – aquilo que toda a gente vê e que pode comprovar através do produto final – mas também ao nível de back-office – o que está “por detrás das câmaras””. No entanto, expôs que “este prémio não significa que o percurso está concluído, significa que temos que continuar a adicionar conquistas, porque ainda agora comecei”.

A docente considera que o que mais a destacou para a vitória deste prémio foi a totalidade dos acontecimentos ao longo do seu percurso. “Acredito que o caminho não foi feito apenas de um momento em especial, foi sim o somatório de pequenos sacrifícios, pequenas vitórias, pequenos detalhes aqui e ali que fizeram com que o resultado fosse este. Como diria Fernando Pessoa “o caminho faz-se caminhando”, é nisto que realmente acredito.”

No entanto esta paixão não é de agora. “A área da alimentação e bebidas está presente na minha vida desde os 10 anos de idade, quando os meus pais, também profissionais da área, abriram um restaurante na cidade onde vivemos no Algarve e, em tenra idade, comecei a ajudar aos fins de semana e nas férias de verão da escola”, expos a docente. Daniela Silvestre contou que a área da gestão sempre a fascinou e foi por esse motivo que decidiu ingressar na Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão, onde atualmente trabalha como formadora de Gestão e da área técnica de Restaurante/Bar.

O seu percurso continuou no curso de Gestão Hoteleira – Restauração e Bebidas, depois ingressou como barmaid num hotel de 5 estrelas e progrediu a um cargo de Assistente do Chefe de Alimentação e Bebidas. Em seguida foi convidada a avançar na carreira como Assistente de Direção de Alimentação e Bebidas, “foi um dos maiores desafios profissionais que abracei, pois tinha uma equipa de cerca de 40 pessoas à minha responsabilidade, um departamento para gerir, sei que cresci bastante”.

Em relação ao setor turístico no pós-pandemia, Daniela Silvestre acredita que este terá de sofrer grandes mudanças. “Estávamos em “modo cruzeiro” até ao momento em que a pandemia nos veio destabilizar. O setor necessita de apostar em formação para todas as pessoas, com foco especial nas chefias e nos líderes”, disse, acrescentando que “a formação é importantíssima, pois só assim podemos pagar melhores salários, dar melhores condições aos trabalhadores para que estes permaneçam. Desta forma, os standards/padrões de qualidade da empresa são cumpridos e podemos cobrar preços mais altos aos clientes”.

Na opinião de Daniela Silvestre, “o setor do turismo já passou por várias crises e saiu sempre mais forte, estou certa que irá existir uma seleção de empresas porque assistimos a uma saturação do mercado”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img