Segunda-feira, Março 4, 2024
Segunda-feira, Março 4, 2024

SIGA-NOS:

ACI Europe condena a decisão de prosseguir com a redução da capacidade em Schiphol

A ACI Europe condenou a decisão do Governo provisório dos Países Baixos de proceder a uma redução da capacidade do aeroporto de Amesterdão Schiphol para 452 mil movimentos de aeronaves, a partir do inverno de 2024.

Por sua vez, a organização internacional de aeroportos manifestou, também, a sua preocupação quanto às condições em que será aplicada uma redução “temporária” da capacidade para 460 mil movimentos de aeronaves, a partir do verão de 2024.

 “O resultado do processo de Abordagem Equilibrada para a gestão do ruído, conduzido para a redução da capacidade em Schiphol, a partir do inverno de 2024 – como devidamente exigido pela legislação da UE – é simplesmente inaceitável. Com efeito, o Governo neerlandês não considerou suficientemente as medidas alternativas propostas, que teriam permitido alcançar os objetivos de atenuação do ruído declarados sem exigir uma redução da capacidade em Schiphol. Além disso, embora a decisão de reduzir temporariamente a capacidade a partir do verão de 2024 proporcione a tão necessária segurança jurídica, foi tomada sem a realização do processo de Abordagem Equilibrada”, afirmou Olivier Jankovec, diretor-geral da ACI Europe.

“Estas decisões têm por objetivo obter vitórias políticas rápidas antes das eleições nacionais, em detrimento da economia e do emprego nos Países Baixos. Apelamos à Comissão Europeia para que garanta urgentemente o respeito dos princípios da Abordagem Equilibrada, em conformidade com a legislação da UE”, acrescentou.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img