Sábado, Julho 13, 2024
Sábado, Julho 13, 2024

SIGA-NOS:

Aeroportos de Lisboa e Porto introduzem solução biométrica dedicada aos passageiros

-PUB-spot_img

A ANA|VINCI Airports está a implementar uma nova solução tecnológica nos aeroportos portugueses, denominada Biometric Experience by VINCI Airports. Este projeto de inovação, apoiado pela União Europeia através do programa NextGenerationEU, visa a aplicação de tecnologia para aprimorar a qualidade de serviço e a transformação digital nos aeroportos. O lançamento ocorreu recentemente nos aeroportos de Lisboa e Porto, prevendo-se a disponibilidade da solução tecnológica em Faro, Madeira e Ponta Delgada no segundo semestre de 2024.

Os primeiros testes estão a ser realizados com passageiros da TAP Air Portugal, em voos selecionados pela companhia, no espaço Schengen – Europa, nos aeroportos de Lisboa e Porto. Num segundo momento, outras companhias aéreas e destinos, incluindo voos extraeuropeus, serão integrados.

Os passageiros elegíveis para participar nos testes (apenas passageiros maiores de idade) podem registar-se antecipadamente através da aplicação “Biometric Experience”, disponível em IOS e Android. Alternativamente, o registo pode ser efetuado no aeroporto, utilizando um quiosque localizado à entrada do check-in, na área pública das partidas de Lisboa e Porto, ou junto às portas de embarque para passageiros em transferência entre voos, com ou sem assistência.

O registo e a utilização são simples: na aplicação ou no quiosque, os passageiros precisam apenas de fotografar/digitalizar o cartão de embarque, o passaporte eletrónico ou cartão de cidadão português, e tirar uma “selfie”, aceitando os termos e condições. “Posteriormente, terá uma experiência de embarque mais tranquila e célere, através da leitura dos dados biométricos da face, sem ter de apresentar novamente o seu cartão de embarque”, sustenta a ANA.

Este processo simplificado promete poupar tempo aos passageiros, proporcionando uma viagem sem papel e sem contacto, com total garantia de confidencialidade, visto que os dados são apagados após a partida do voo.

“Esta tecnologia está na vanguarda dos mais inovadores procedimentos de embarque nos aeroportos mundiais e integra um forte investimento da VINCI Airports na sua rede, com projeto neste âmbito já a decorrer desde 2022 no Aeroporto de Lyon. Esta é uma aposta na inovação para aumento da qualidade do serviço e a experiência dos passageiros nos aeroportos portugueses. A tecnologia do futuro, no presente”, indica a ANA.

Thierry Ligonnière, CEO da ANA-Aeroportos de Portugal, destaca a importância do lançamento deste projeto “que marca a aposta mais avançada em inovação nos aeroportos com resultados concretos para a experiência do passageiro. A tecnologia com o reconhecimento facial vai permitir uma viagem mais rápida, mais simples, em que o passageiro ganha conforto e tempo, com total segurança na confidencialidade dos seus dados e do processo. Estamos muito entusiasmados com este arranque e com a ampliação da biometria a mais companhias aéreas e aeroportos, tornando o processo de embarque ainda mais eficaz”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img