Quinta-feira, Julho 18, 2024
Quinta-feira, Julho 18, 2024

SIGA-NOS:

Agências de Viagens Online economizaram €148 mil milhões aos consumidores em três anos

-PUB-spot_img

As Agências de Viagens Online (OTA’s) estão a gerar economias significativas para os consumidores globalmente, revela um estudo recente realizado pela Oxford Economics em parceria com o Booking.com. Segundo os dados, no período entre 2019 e 2021, os consumidores de 27 países da Europa, Ásia-Pacífico e América do Norte conseguiram acumular poupanças que ascendem a 158 mil milhões de dólares (aproximadamente 148 mil milhões de euros).

O estudo compara dois cenários: o mundo real, com a existência das OTA’s entre 2019 e 2021, e um cenário fictício em que as OTA’s não existiriam. Durante este período de dois anos, as economias dos consumidores nos 27 países mencionados totalizaram uma quantia de 158 mil milhões de dólares (cerca de 148 mil milhões de euros).

Para calcular estas poupanças, o estudo multiplicou o número de noites de alojamento por país pelas economias na tarifa diária média.

Os Estados Unidos lideram com as maiores poupanças, alcançando um total de 49,8 mil milhões de dólares (46,5 mil milhões de euros) no período em questão. No entanto, ao agrupar os 17 países europeus, as poupanças alcançam 69,4 mil milhões de dólares em três anos (64,8 mil milhões de euros).

O top 10 contém destinos de viagem reconhecidos em toda a Europa Ocidental, como França, Reino Unido e Espanha, além dos EUA e do Canadá. Dois países da Ásia-Pacífico também entraram na lista, a Tailândia e o Japão.

Portugal também figura na lista. O nosso país ficou em 18º lugar da tabela, com poupanças no valor de 1,78 mil milhões de dólares (cerca de 1,67 mil milhões de euros) ao longo de três anos.

O estudo também destaca que quanto mais quartos são reservados através das OTAs num determinado mercado, maiores são as poupanças globais. Na Europa, por exemplo, onde 23,7% das noites de hospedagem foram reservadas através das OTAs entre 2019 e 2021, os preços médios caíram cerca de 9,94 dólares por noite (9,29€). Enquanto na Ásia, onde apenas 12,8% dos quartos foram reservados através de OTAs, a queda de preços foi de aproximadamente 4,00 dólares por noite (3,70€).

Segundo o estudo, as OTAs não beneficiaram apenas os consumidores, mas também tiveram um impacto significativo no Produto Interno Bruto (PIB) dos países. Entre 2019 e 2021, as economias europeia, asiática e norte-americana acumularam 51,4 mil milhões, 23,8 mil milhões e 41,2 mil milhões de dólares, respetivamente (48; 22,2; 28,5 mil milhões de euros, respetivamente).

Além disso, as OTAs contribuíram para a criação de empregos, com quase um milhão de novos postos de trabalho em oito países asiáticos apenas em 2019, de acordo com estimativas da Oxford Economics.

Impacto da pandemia de covid-19

Contudo, o estudo destaca que a pandemia de covid-19 teve um impacto significativo na indústria de viagens, afetando também as OTAs. “Com a queda nas viagens internacionais, que ainda estão a um quinto dos níveis de 2019, o impacto das OTAs enfraqueceu”, indicam os dados. A contribuição para o PIB norte-americano caiu de 19,9 mil milhões de dólares em 2019 (18,6 mil milhões de euros) para 10,2 mil milhões em 2020 (9,5 mil milhões de euros). Da mesma forma, o número de empregos adicionais caiu de 187.000 para 99.000.

“E o efeito foi transferido para as poupanças anuais dos consumidores”, sustenta o estudo. Em 2019, as poupanças globais ascenderam a 81 mil milhões de dólares (76 mil milhões de euros), mas caíram para 31 mil milhões de dólares em 2020 (29 mil milhões de euros), antes de recuperarem um pouco para 45 mil milhões de dólares no ano seguinte (42 mil milhões de euros).

“Em última análise, as OTA aumentam a escolha e a transparência, o que exerce uma pressão descendente sobre os preços. Um consumidor mais informado promove uma competição mais acirrada, uma vez que os alojamentos competem para preencher os seus quartos”, conclui o estudo.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img