Sábado, Novembro 26, 2022
Sábado, Novembro 26, 2022

SIGA-NOS:

ARAC diz que aumento da procura é uma oportunidade para as empresas de rent-a-car se reinventarem


Apesar da escassez de veículos novos para aquisição, a procura de veículos para alugar em rent-a-car está “em alta”, afirma a Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis sem Condutor (ARAC).

Perante estas duas realidades, a associação classifica este cenário de “desafiador, mas ao mesmo tempo gerador de oportunidades de crescimento, uma vez que a procura por parte da clientela turística e das empresas tem vindo a aumentar”.

Esta situação, sublinha a ARAC, “não é especifica do mercado português, pois o mesmo está a acontecer nos restantes mercados europeus e do continente americano, os quais se confrontam com as mesmas situações, procurando adaptarem-se o melhor possível”.

No que respeita à escassez de veículos, “a solução não aparecerá no curto prazo, pois em todo o mundo o estrangulamento da produção automóvel pela falta de semicondutores determina que a indústria automóvel se veja incapacitada de produzir veículos em número suficiente com vista a abastecer o mercado das empresas de aluguer – o rent-a-car é responsável em Portugal pela compra de cerca de 27% dos veículos novos comercializados anualmente – bem como de todos os clientes que necessitam de automóveis”, afirma a associação.

No que respeita ao aumento da procura, “trata-se de uma situação que se apresenta às empresas de aluguer como uma oportunidade de se reinventarem, com a adoção de todas as mais modernas tecnologias e modelos de negócio, as quais dedicar-se-ão com todo o afinco ao seu “core business” – o aluguer de veículos automóveis e meios de mobilidade leves”, defende a ARAC.

Toda esta evolução está a acontecer quando empresas de aluguer em regime de curta duração estão a viver a retoma do turismo e o aumento da procura do seu mercado empresarial, afetado pela crise pandémica há dois anos, apontando hoje um estudo do Observatório da Arval, de que “95% das empresas portuguesas prevê manter ou aumentar a frota nos próximos 3 anos”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img