Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

As inteligências artificiais no turismo

Cada vez mais a Inteligência Artificial (IA) é um tema de conversa nas notícias, entre amigos, na internet, mas também no nosso dia-a-dia.

Miguel Estorninho

Que esta inteligência veio alterar o modo como trabalhamos, o modo que socializamos e o modo que compramos é inegável e a chegada deste tipo de produto ao mercado turístico será para breve. Acredito que a Inteligência Artificial terá um impacto significativo na indústria do turismo, não apenas em termos de hotéis, mas também em termos de experiências.

Chatbots e assistentes virtuais

Uma das principais formas como a IA vai afetar a indústria do turismo será através do uso de chatbots e assistentes virtuais.

Estas tecnologias permitirão que hotéis e empresas de viagens forneçam suporte e atendimento ao cliente 24/7, respondendo a perguntas e ajudando os clientes a planear as suas viagens. Além disso, os chatbots e assistentes virtuais podem ser utilizados para personalizar a experiência do cliente, recomendando destinos e atividades com base nos seus interesses e preferências.

Já é muito usual em websites a utilização de chatbots para gestão de clientes, mas imagine que a sua agência de viagens faça com que este chatbot, apenas com uma frase, consiga definir, em minutos, todos os custos para o cliente, todos os locais a visitar e todas as regras de segurança, tudo online e com uma velocidade humanamente impossível. Parece mentira? Mas garanto-lhe que não. Muitas inteligências artificias online já estão a desafiar os postos de trabalho de copywriters, programadores e até gestor de plataformas pagas, tudo é uma questão de tempo.

Análise preditiva

Outra forma como a IA vai afetar a indústria do turismo será através do uso de análise preditiva. Ao analisar dados de interações e comportamentos dos clientes passados, hotéis e empresas de viagens serão capazes de prever tendências futuras e tomar decisões de negócios mais informadas.

Por exemplo, um hotel pode utilizar análise preditiva para identificar os melhores momentos para oferecer ofertas especiais ou descontos, ou para determinar quais comodidades são mais importantes para os clientes.

Promoção

A IA também terá um grande impacto na forma como os hotéis e empresas de viagens se promovem.

Por exemplo, os hotéis podem usar IA para personalizar as suas campanhas de marketing, direcionando demografias e interesses específicos. A IA também pode ser utilizada para otimizar o design do seu site, tornando-o mais fácil de usar e navegar. Além disso, a IA pode ser usada para melhorar o desempenho de anúncios online, tornando-os mais eficazes e eficientes.

Realidade Aumentada

Outro aspeto importante do impacto da IA na indústria do turismo é no campo da realidade virtual e aumentada, como até já tinha mencionado num outro artigo meu.

Essas tecnologias podem ser utilizadas para criar experiências imersivas e interativas que permitem aos clientes explorar destinos e atividades antes de reservarem a sua viagem. Isso pode ajudar a aumentar a interação e satisfação dos clientes, e também pode ajudar a vender mais viagens e pacotes turísticos.

Experiências personalizadas

Por fim, a IA também será capaz de ajudar os operadores de turismo, agências de viagens e hotéis a projetar, criar e entregar experiências únicas e personalizadas.

Por exemplo, um sistema alimentado por IA será capaz de recomendar itinerários de viagem personalizados com base nas preferências, interesses e orçamento do viajante. Desta forma, o sistema será capaz de criar experiências únicas que se adequem às necessidades de cada cliente individual.

Em conclusão, a IA terá um grande impacto na indústria do turismo, revolucionando a forma como os hotéis e as empresas de viagens operam e também como os clientes planeiam e reservam as suas viagens.

Com a experiência que detenho com marketing digital, acredito que as empresas que abraçarem essas tecnologias terão uma vantagem competitiva significativa neste campo.

O futuro está mais próximo do que nunca, adapte-se.

Boas reservas!

Por: Miguel Estorninho

Cofundador da Agência Digital Natives e Mestre em Marketing e Comunicação.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img