Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

SIGA-NOS:

Companhias aéreas evitam espaço europeu afegão

A Autoridade de Aviação Civil do Afeganistão (ACAA) aconselhou esta segunda-feira, dia 16 de agosto, as aeronaves de trânsito a mudarem sua rota aérea.

A United Airlines, British Airways e Virgin Atlantic já tinham parado de usar o espaço aéreo do Afeganistão quando os talibãs assumiram o controlo do palácio presidencial em Cabul.

A ACAA disse que qualquer trânsito pelo espaço aéreo de Cabul seria descontrolado e aconselhou as regiões de vizinhas a controlar o espaço aéreo.

O site de rastreamento de voos FlightRadar24 disse na sua conta do Twitter que um voo da Air Índia de Chicago para Delhi mudou de rumo e saiu do espaço aéreo do Afeganistão pouco depois de entrar, enquanto um outro voo da Terra Avia de Baku para Delhi também estava a mudar de rumo.

As companhias aéreas e os governos têm vindo a prestar mais atenção aos riscos de sobrevoar zonas de conflito nos últimos anos após dois incidentes mortais que envolvem mísseis terra-ar.

Um avião da Malaysia Airlines foi abatido sobre o leste da Ucrânia em 2014, matando todas as 298 pessoas a bordo, e uma aeronave da Ukraine International Airlines foi abatida pelos militares do Irão em 2020 e matou todos os 176 passageiros e tripulantes.

A Administração Federal de Aviação dos EUA em julho impôs novas restrições de voo sobre o Afeganistão para companhias aéreas dos americanas e outros operadores dos EUA.

As restrições não se aplicam apenas a operações militares dos EUA. Outros países, incluindo Canadá, Grã-Bretanha, Alemanha e França, também aconselharam as companhias aéreas a manter uma altitude de pelo menos 25.000 pés sobre o Afeganistão, de acordo com o site Safe Airspace, que rastreia tais avisos.

Voos comerciais que aterravam no Afeganistão também foram afetados pelo caos em terra. A Emirates suspendeu os voos para a capital do Afeganistão, Cabul, até segunda ordem, disse a companhia aérea.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img