Domingo, Maio 26, 2024
Domingo, Maio 26, 2024

SIGA-NOS:

DistrictHive®: nasceu o primeiro hotel-cápsula autossuficiente e controlado por inteligência artificial

A empresa DistrictHive®, com sede em Portugal, abriu o primeiro podtel autónomo do mundo, no Deserto de Gorafe, em Granada, Espanha. Este hotel-cápsula tem o objetivo de mudar o conceito tradicional de alojamento de luxo. “É autossuficiente, amigo do ambiente, independente em termos energéticos e totalmente funcional a partir da sua APP DISTRICTHIVE”, afirma a empresa em comunicado.

DistrictHive é o primeiro módulo transportável e 100% autossuficiente que pode ser instalado em qualquer local, mesmo onde a construção não seja possível. Este módulo, criado pela empresa Districthive, sedeada em Portugal, e com uma equipa internacional de arquitetos, engenheiros e designers de interior, foi projetado numa perspetiva multidisciplinar entendendo o turismo de uma forma sustentável, ecológica e responsável. “Valoriza a natureza ao não deixar nenhum vestígio da sua presença”, afirma a empresa em comunicado.

O impacto ambiental na área de implantação é nulo, uma vez que não são consumidos recursos locais. Uma vez retirado o podtel, o lugar fica exatamente como antes da sua instalação.

Este eco-hotel é capaz de gerar a sua própria água a partir do ar, a sua própria eletricidade a partir da energia solar, tem armazenamento energético suficiente para quatro dias sem sol e tem o seu próprio sistema de esgoto, que transforma desperdício em cinza. As águas cinzentas são filtradas através de dois processos de filtragem, para que a água possa ser usada na irrigação.

A autonomia completa do módulo torna os serviços comuns e complementares desnecessários, enquanto otimiza recursos e assegura a redução da pegada de carbono.

Uma construção versátil com foco no design

O podtel é uma construção totalmente industrializada, transportada para o local e pronta a usar em algumas horas. Não assenta no terreno onde é implantada, não tem fundações e não requer nenhum tipo de canalização ou infraestrutura de saneamento. “O sistema de suporte desenvolvido possui seis pés de fixação que, como uma nave espacial que acaba de pousar em Marte, pousa no solo”, explica a DistrictHive.

O podtel é um pequeno módulo de 35m2 dividido em vários espaços: instalações sanitárias, uma cozinha-sala de jantar, um quarto (uma cama de casal e uma segunda cama de casal escondida), armários e prateleiras modulares multifuncionais, e também uma pequena e necessária sala para instalações, onde se concentra todo o equipamento técnico.

O podtel tem, ainda, uma área de terraço. Todo o mobiliário, espaços de armazenamento, paredes e acabamentos “foram feitos com o máximo rigor e cuidado para que o resultado final fosse um
design que intencionalmente procura uma imagem de luxo e conforto”, afirma a empresa.

O turismo do futuro aposta na Inteligência Artificial

Luxuosamente equipado e com capacidade para alojar até quatro pessoas, é controlado por Inteligência Artificial e inteiramente gerido a partir de uma App.

A automação e o uso de novas tecnologias foram essenciais para o desenvolvimento do podtel. Uma aplicação para dispositivos móveis, DISTRICTHIVE, disponível para Apple e Android, controla todos os dispositivos e fornece informação sobre os níveis de energia, produção solar, temperatura, qualidade da água, produção de água, entre outros.

Também controla, entre outras coisas, a abertura de portas, o odor no interior, a temperatura ambiente, a iluminação, o som, a TV e a compra de alimentos e bebidas a pedido.

A cápsula é controlada por uma Inteligência Artificial chamada “Hivemind”. Tem o seu próprio sistema embutido e motherboard que monitoriza todos os sistemas e consumos energéticos. Segundo a empresa, a Hivemind é intuitiva e dá apoio aos hóspedes durante a sua estadia, assegurando uma experiência high-tech enquanto relaxam e usufruem da natureza em absoluta privacidade.

O podtel DistrictHive foi concebido e desenhado como o primeiro da chamada “Colónia Podtel”, um conceito “novo e inovador de alojamento autónomo de luxo que estará espalhado por diferentes partes do mundo, todas ela remotas e com paisagens espetaculares”, explica a DistrictHive

“É um modelo extremamente exclusivo que procura mostrar o valor do território, da paisagem, tornando aqueles lugares especiais e maravilhosos acessíveis à contemplação protegida, ao longo de todo o ano. O objetivo final é dar aos hóspedes uma experiência turística única para deleite de todos os sentidos”, afirma a empresa.

Priyesh Patel, CEO do DistrictHive®, confessa que, depois do sucesso de Gorafe, já está à procura de um local para o seu segundo podtel.

“Embora ainda não possamos dar muitos detalhes, já estamos a trabalhar para encontrar o próximo local para a instalação do que será o segundo podtel do mundo. O que podemos dizer é que nunca haverá dois podtels no mesmo país e que os destinos serão sempre de uma beleza única e extrema. Lugares remotos do planeta que se destacam pela sua singularidade, atração e que são a representação viva do espírito de um projeto global como a Colónia Podtel”, afirma Priyesh Patel.

1 COMENTÁRIO

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img