Quarta-feira, Novembro 30, 2022
Quarta-feira, Novembro 30, 2022

SIGA-NOS:

Embaixador da Irlanda: “Ganharíamos muito com uma maior cooperação mútua no espaço marítimo e no turismo sustentável”

A Ireland Portugal Business Network (IPBN) vai organizar uma conferência sobre turismo em Lisboa, na Universidade Europeia, no próximo dia 29 de setembro, das 9h às 13h*. O evento vai reunir especialistas na área do turismo de ambos os países para partilhar pontos de vista e destacar as tendências atuais no setor. Em entrevista ao TNews, Ralph Victory, embaixador da Irlanda em Portugal, afirma que os dois países “partilham valores semelhantes e perspetivas globais em muitas áreas”. Além de ver potencial para ambos os países aprenderem um com o outro na área do turismo sustentável, defende que ganhariam “muito com uma maior cooperação mútua no espaço marítimo”. As inscrições para a conferência já estão abertas aqui.

A relação entre a Irlanda e Portugal já dura há muitos anos, mas, hoje em dia, como vê a relação entre os dois países?

A Irlanda e Portugal partilham valores semelhantes e perspetivas globais em muitas áreas. Além de cooperarmos numa base bilateral, trabalhamos em estreita colaboração como parceiros da UE e no quadro das Nações Unidas. Em 2021, a Irlanda tornou-se Observador Associado na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da qual Portugal é membro fundador.

2022 marca o 80º aniversário da abertura da missão diplomática da Irlanda em Lisboa. Como embaixador da Irlanda, faço questão de que, juntos, os nossos países construam ligações e laços ainda mais estreitos, em ambos os sentidos e a todos os níveis, que beneficiem os nossos povos.

“Como embaixador da Irlanda, faço questão de que, juntos, os nossos países construam ligações e laços ainda mais estreitos, em ambos os sentidos e a todos os níveis, que beneficiem os nossos povos”

Em que áreas podem os dois países cooperar mais?

Ao longo de 2022, a embaixada já organizou vários eventos para realçar o potencial atual e futuro do estreitamento dos laços entre a Irlanda e Portugal, nomeadamente através de uma missão comercial a nível ministerial no final de abril e outros compromissos de alto nível. Em 2021, o comércio bilateral de mercadorias entre a Irlanda e Portugal foi avaliado em pouco menos de mil milhões de euros, enquanto que o comércio de serviços em 2020 ascendeu a quase 1,3 mil milhões de euros.

Ambas as partes estão a trabalhar em conjunto para assegurar que estes números cresçam no período que se avizinha. A coapresentação de Portugal na Conferência Marítima da ONU em Lisboa, no final de junho, sublinhou que temos de aprender e ganharíamos muito com uma maior cooperação mútua no espaço marítimo. Como embaixador, também vejo potencial para aprendermos um com o outro na área do turismo sustentável e ficaria certamente satisfeito por ver mais visitantes portugueses e de língua portuguesa na Irlanda.

“Ganharíamos muito com uma maior cooperação mútua no espaço marítimo (…) e também vejo potencial para aprendermos um com o outro na área do turismo sustentável”

Parece que os irlandeses conhecem Portugal melhor do que os portugueses. Concorda? Principalmente o Algarve (os irlandeses são um dos principais mercados do Algarve). Portugal deve promover outras regiões no mercado irlandês?

Portugal e a região do Algarve em particular estão de facto perto do coração de muitos irlandeses e, desde o fim da fase aguda da pandemia, a nossa sensação na embaixada é que o povo irlandês tem voltado a visitar a região em grande escala. Sentimos também que os visitantes irlandeses estão interessados em explorar as regiões Lisboa-Cascais, Alentejo e o norte de Portugal: o Porto e o vale do Douro. A Madeira e os Açores estão igualmente a atrair interesse.

Todas estas visitas são bem-vindas em termos de ajudar a construir ligações interpessoais, o que também esperamos que encoraje os portugueses a visitar a Irlanda.

“Como embaixador, também vejo potencial para aprendermos uns com os outros na área do turismo sustentável e ficaria certamente satisfeito por ver mais visitantes portugueses e de língua portuguesa na Irlanda”

Porque deveria Portugal e as empresas portuguesas investir mais neste mercado?

As potenciais recompensas para Portugal e empresas portuguesas que investem na Irlanda e no mercado irlandês não são apenas as económicas, mas também as que provêm da manutenção e expansão da nossa relação numa base sustentável a longo prazo – ou seja, as ligações, oportunidades e perceções que derivam do envolvimento e da verdadeira compreensão recíproca.

A colaboração da Embaixada com a Ireland Portugal Business Network e a extensa gama de eventos e atividades ao longo do ano em Lisboa, na região do Algarve e agora no Porto, visa apoiar e promover estas ligações de diversas formas.

Sabe quantos portugueses visitaram a Irlanda antes da pandemia? Esses números estão a recuperar?

A Irlanda recebeu aproximadamente 100.000 portugueses e outros visitantes de Portugal em 2019. Enquanto continuamos à espera de dados para o ano em curso, há alguns sinais promissores de que este número será novamente alcançado e possivelmente ultrapassado em 2022. No futuro, tenho esperança de que ainda mais visitantes portugueses e de língua portuguesa tenham uma oportunidade de desfrutar do que a Irlanda tem para oferecer e estou certo de que quando o fizerem, cada um receberá um “Céad Míle Fáilte” muito caloroso (uma centena de milhares de boas-vindas).

“A Irlanda recebeu aproximadamente 100.000 portugueses e outros visitantes de Portugal em 2019”

Como está a economia irlandesa e quais são as expectativas futuras para o turismo do país? Irão os irlandeses continuar a viajar?

A economia irlandesa está atualmente a ter um bom desempenho, mas estamos naturalmente conscientes dos desafios relacionados com a energia e outros desafios significativos que surgiram tanto para nós, como para os nossos parceiros económicos e para o mundo em geral, sobretudo devido à incerteza e à perturbação causada pela invasão da Ucrânia.

Todos os padrões de consumo são suscetíveis de ser afetados, mas no caso da Irlanda o próximo Orçamento do Governo para 2023 (previsto para finais de setembro) incluirá um pacote de medidas destinadas a apoiar as famílias e empresas irlandesas a resistir a estes desafios a curto, médio prazo e mais além.

Tal como trabalhámos em conjunto para proteger todos os nossos cidadãos dos piores impactos da pandemia global, as medidas a nível nacional devem ser vistas a par das medidas que estão a ser tomadas a nível da UE para assegurar que as economias dos Estados-Membros e o bem-estar dos nossos cidadãos possam ser sustentados no futuro.

*O TNEWS é media partner do evento.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img