Segunda-feira, Maio 27, 2024
Segunda-feira, Maio 27, 2024

SIGA-NOS:

Embaixador de Portugal em Madrid defende “diversificação dos períodos de férias” no combate à sazonalidade

João Mira Gomes, Embaixador de Portugal em Madrid, afirmou que uma das formas de combater a sazonalidade dos países do Sul passaria por “diversificar os períodos de férias ao longo do ano e também a oferta turística”. Isto permitiria ao turista “organizar a sua vida de acordo com o tipo de turismo que quer fazer”, defendeu.

Esta informação foi revelada na nova edição do ciclo de debates “La Indústria de la Felicidad”, realizada pelo Grupo Hotusa, que contou com a participação de João António da Costa Mira Gomes, Embaixador de Portugal em Madrid, e Giuseppe Buccino, Embaixador de Itália. O encontro, intitulado “Turismo: um projeto para a Europa”, teve lugar no hotel Eurostars Madrid Tower 5* e foi moderado por Xavier Vidal Folch, subdiretor do El País. 

Durante a conversa, os dois diplomatas analisaram a situação atual dos principais destinos turísticos da Europa e os desafios que enfrentam. Entre os principais temas abordados, destacam-se a oportunidade que o turismo oferece aos países do Sul para melhorar a sua imagem e a do seu tecido empresarial, a necessidade de ultrapassar a sazonalidade com propostas culturais e ofertas hoteleiras de qualidade, o impacto do alojamento turístico e a necessidade de procurar modelos de turismo sustentáveis do ponto de vista social, económico e ambiental. 

Questionados por Xavier Vidal Folch sobre a importância do turismo para melhorar o posicionamento e a imagem dos países de acolhimento, João António da Costa Mira Gomes afirmou que “o turismo contribuiu para mudar a imagem do Sul da Europa no mundo, especialmente desde a crise financeira de 2008. A forma como os empresários enfrentaram a crise na altura e também após a pandemia foi fundamental para dar uma imagem de países modernos, responsáveis e solidários”.

Os participantes salientaram ainda as ligações entre os três países e debateram a forma de alcançar um equilíbrio entre crescimento e sustentabilidade. O embaixador português salientou que “temos de encontrar a felicidade de quem visita e de quem recebe os visitantes. Temos de conciliar os interesses dos cidadãos locais com o desenvolvimento do turismo nos destinos. Para isso, temos de gerir o turismo de massas e apostar no valor acrescentado”. Na mesma linha, o representante diplomático italiano sublinhou que “é essencial procurar um turismo sustentável”.

Ambos os oradores sublinharam a necessidade de criar um modelo de turismo sustentável do ponto de vista social, económico e ambiental. O diplomata português salientou que “os turistas estão à procura de experiências. Para isso, é essencial cuidar da personalidade dos destinos, o que começa por cuidar dos próprios cidadãos. Temos de promover cada vez mais o turismo no interior, não apenas nas cidades”.

Durante a conversa, foi também discutido o desafio da dessazonalização. Para isso, João Mira Gomes sugere uma solução que poderia passar por “diversificar os períodos de férias ao longo do ano e também a oferta turística”. Isto permitiria ao turista “organizar a sua vida de acordo com o tipo de turismo que quer fazer”. É preciso criar condições para que as pessoas possam trabalhar “durante todo o ano”, sublinhou.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img