Quinta-feira, Setembro 29, 2022
Quinta-feira, Setembro 29, 2022

SIGA-NOS:

Empresários pedem estratégia para o turismo dos Açores e elogiam mudança política

A Associação de Alojamento Local dos Açores (ALA) e a AHRESP afirmaram esta terça-feira, dia 19 de abril, que era “crucial” mudar o responsável político pelo Turismo no Governo Regional e pediram a criação de uma estratégia para o setor.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da delegação dos Açores da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) disse estar “apreensiva” e “expectante” com a nova secretária regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, que tomou hoje posse no parlamento açoriano, na sequência da remodelação do executivo de coligação PSD/CDS-PP/PPM.

“Estou apreensiva. Preciso de ver qual será a postura. O mudar foi muito importante. Isso era crucial. Agora precisamos mesmo de tentar perceber se Berta Cabral vai apresentar uma estratégia ou não e se vai delegar mais autonomia à direção regional ou não”, afirmou Cláudia Chaves.

Antes da mudança na orgânica do executivo açoriano (PSD/CDS-PP/PPM), anunciada na segunda-feira pelo presidente José Manuel Bolieiro, o turismo estava integrado na secretaria regional dos Transportes, Turismo e Energia, que foi liderada por Mota Borges.

Cláudia Chaves acrescentou que o setor está “estagnado”, defendendo a elaboração “imediata” de uma estratégia para o turismo.

“Estamos aqui num estagnar da situação quando já precisávamos de estar mais avançados. Estamos na expectativa de que [a mudança] seja melhor, mas estamos com apreensão. Há um ano que pedimos uma estratégia de desenvolvimento do turismo e essa estratégia não apareceu”, assinalou a presidente da AHRESP/Açores.

Também o presidente da ALA, Rui Correia, defendeu que era “preciso mudar” o responsável político do turismo, pedindo uma “política estruturante” para o setor em vez de “navegação à vista como aconteceu até agora”.

“Era preciso mudar. Estávamos quase com um ano e meio de governação e continuávamos sem estratégia no que diz respeito ao turismo. Continuávamos com uma política errante no que diz respeito aos transportes e não havia sinais de que isso pudesse ser alterado”, declarou.

Referindo que se espera “reunir muito em breve” com Berta Cabral, Rui Correia apelou à nova responsável para “olhar para o Alojamento Local (AL) como fonte de riqueza”, uma vez que aquele tipo de alojamento “representa 35% das dormidas da região e 50% das camas disponíveis” no arquipélago.

“Espera-se, da parte de Berta Cabral, que se defina uma estratégia tanto para o turismo como para a mobilidade interna e as ligações com o exterior para que a atividade turística na região se afirme”, reforçou.

O empresário elogiou a manutenção da “associação entre mobilidade e turismo” e considerou “interessante” a secretaria regional incluir ainda as Infraestruturas.

“Numa região como a nossa, onde se quer desenvolver as nove ilhas, será sempre importante a ligação entre políticas de mobilidade e as do turismo. Incluir as infraestruturas pode ser interessante porque o AL tem sido um dos principais alavancadores da recuperação do imobiliário”, acrescentou.

Na segunda-feira, foi anunciado que a antiga líder do PSD/Açores Berta Cabral seria a nova secretária regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, assumindo ainda a área da Energia.

Já a advogada Maria João Carreiro tomou hoje posse como secretária da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, uma vez que Duarte Freitas fica com a tutela das Finanças, Planeamento e Administração Pública.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img