Terça-feira, Maio 21, 2024
Terça-feira, Maio 21, 2024

SIGA-NOS:

Espanha classifica 26 países europeus como de alto risco

Espanha atualizou na passada segunda-feira, 8 de novembro, a lista de países com alto risco de contágio da COVID-19, passando a constar desta lista 26 nações, incluindo Portugal, mas também Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, República Tcheca, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Estônia, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Noruega, Holanda, Polônia, Roménia e Suécia.

Os viajantes que chegam a Espanha vindos de qualquer um dos países e regiões considerados de alto risco são obrigados a apresentar um certificado que comprove que foram vacinados com uma das vacinas aceites pelas autoridades espanholas como prova válida de imunidade para viagem, recuperação de COVID -19, ou teste negativo para o vírus.


A lista entrou em vigor às 00 horas do dia 8 de novembro e terá validade até às 24 horas do dia 14 de novembro. A lista, bem como os critérios utilizados para sua elaboração, são revistos ​​a cada sete dias e a sua atualização é publicada no portal do Ministério da Saúde.

No que diz respeito às regiões, as autoridades espanholas colocaram as seguintes regiões da França na lista de alto risco: Guiana Francesa, Martinica, Auvergne-Rhône-Alpes, Bourgogne-Franche-Comté, Bretagne, Centre – Val de Loire, Corse, Grand Est, Guadalupe , Hauts-de-France, Ile-de-France, La Réunion, Normandia, Nouvelle-Aquitaine, Occitanie, Pays de la Loire e Provence-Alpes-Côte d’Azur.

De Itália colocaram as seguintes regiões: Província Autônoma de Bolzano / Bozen, Abruzzo, Calábria, Campânia, Emilia-Romagna, FriuliVenezia Giulia, Lazio, Liguria, Marche, Província Autônoma de Trento, Puglia, Sicília, Toscana, Umbria e Vêneto.

Dos países incluídos na lista de alto risco estabelecida pelas autoridades espanholas, Alemanha (37.120 novos casos), Polônia (15.905), Holanda (10.272), República Tcheca (8.419) registam as maiores taxas de infecção nos últimos 24 horas.) e Romênia (8.268).

Relativamente a terceiros países, todos são considerados de risco, exceto Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Bahrein, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Jordânia, Kuwait, Namíbia, Nova Zelândia, Peru, Catar, Ruanda, Singapura , Ucrânia, Uruguai e as regiões administrativas especiais de Hong Kong, Macau e Taiwan, seguindo as recomendações da União Europeia.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img