Sábado, Abril 20, 2024
Sábado, Abril 20, 2024

SIGA-NOS:

Espanha poderá proibir voos de curta distância para combater alterações climáticas

Espanha poderá suspender os voos de curta distância, para combater as mudanças climáticas. A nova medida, já implementada em França, visa substituir voos domésticos de curtas distâncias, por viagens de comboios que podem ser percorridas em menos de duas horas e meia.

As autoridades espanholas já desenvolveram planos para tormar medidas semelhantes à de França. De acordo com o relatório Murcia Today, as viagens aéreas em Espanha geram o dobro da pegada de carbono dos comboios de alta velocidade.

Uma pesquisa feita por dois especialistas em viagens (Mabrian e o  Phocuswright) revelou que existiram 5.744 voos entre Barcelona e Madrid nos últimos 12 meses que poderiam ser feitos por uma viagem de comboio de cerca de duas horas e meia.

O estudo fornecido por Mabrian demonstra também que as emissões totais de CO2 geradas pelo serviço aéreo em 2022 são de cerca de 54.000 toneladas, o que representa um aumento total de 132%. Só seriam emitidas 27.000 toneladas de CO2 por comboios com o mesmo número de viajantes.

O político belga Georges Gilkinet referiu no mês passado que as autoridades dos países da UE deveriam interromper os voos de curta distância e também substituir as rotas por serviços ferroviários aprimorados. “Os países da UE devem seguir o exemplo da França, mudar para um meio de transporte mais ecológico e também minimizar as emissões de gases”.

No entanto, a decisão de proibir voos de curta distância não foi unanimemente apoiada. O diretor-geral da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), Willie Walsh, considerou a decisão completamente absurda, segundo um relatório da Agência de Notícias EEF.

O EuroWeekly News, por meio de um relatório, evidenciou que os voos de curta distância são os que mais contribuem para as emissões da aviação na Europa, citando pesquisas realizadas por cientistas da Universidade de Manchester.

A pesquisa também demonstra que a abolição de voos de curta distância com menos de 500 quilómetros nos países europeus reduziria bastante as emissões da aviação, que representam um total de 6% das emissões de gases.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img