Sexta-feira, Junho 14, 2024
Sexta-feira, Junho 14, 2024

SIGA-NOS:

Estudo: Um em cada quatro viajantes de negócios usa chatbots de aconselhamento de viagens

Quase todos os viajantes de negócios imaginam-se a utilizar chatbots de aconselhamento de viagens baseados em Inteligência Artificial (IA). Um em cada quatro viajantes já recorre a estes assistentes técnicos como forma de lhes serem apresentadas alternativas de viagem em caso de alguns imprevistos.

Estas são as conclusões do estudo “Chefsache Business Travel”, encomendado pela Associação Alemã de Viagens.

De acordo com a análise, as ferramentas digitais “ainda não podem substituir os conselheiros humanos” na gestão das viagens de negócios, mas “podem fornecer um apoio eficaz” em muito áreas. Apenas 3% dos viajantes de negócios inquiridos rejeita a utilização de IA no aconselhamento de viagens, enquanto 10% vê os chatbots como um “mero suplemento”. No entanto, o estudo revelou que um em cada três inquiridos acredita que os chatbots e similares são equivalentes aos conselhos de um humano, sendo que 29% prefere a tecnologia.

Por sua vez, os viajantes de negócios já estão a confiar inúmeras tarefas aos chatbots de IA. A primeira é mostrar alternativas de viagem em caso de imprevisto, como greves, tempestades ou cancelamentos. O estudo revelou ainda que 51% dos entrevistados imagina utilizar as sugestões do chatbot nesses casos. Além disso, 48% utiliza a tecnologia para realizar tarefas administrativas, como pedir cópias de faturas. Quase a mesma percentagem (46%) confia na seleção de voos e hotéis adequados com o apoio da IA. Mais de um em cada três pessoas também deixaria a criação de ofertas de viagens ou a remarcação de viagens a cargo de um chatbot.

Assistência mais rápida graças à IA

Do ponto de vista do viajante de negócios, as vantagens da tecnologia residem principalmente na sua rapidez. Mais de um em cada dois viajantes refere o planeamento eficiente das viagens, as atualizações em tempo real sobre os atrasos dos voos e a disponibilidade 24 horas por dia como os argumentos mais importantes a favor dos chatbots. Num mundo de negócios em rápida evolução, os viajantes não querem esperar muito tempo pelo feedback das plataformas de reserva e querem ser informados imediatamente em caso de mudanças de porta de embarque ou adiamentos. 43% espera obter apoio imediato em caso de problemas, como o cancelamento de voos ou comboios.

A rapidez não é o único argumento. Muitos viajantes de negócios também confiam na inteligência da tecnologia para obterem informações significativas a partir de grandes quantidades de dados. Para 45%, a vantagem reside no facto de poderem fazer recomendações personalizadas a partir da análise de viagens e preferências anteriores. 40% confia na IA para otimizar as rotas de viagem e, assim, poupar tempo e dinheiro.

As vantagens da IA não são apenas evidentes no contacto direto com o cliente. As agências de viagens de negócios já estão a utilizar com sucesso a tecnologia para avaliar grandes quantidades de dados, harmonizar, verificar e comparar dados e gerir de forma inteligente os fluxos de comunicação por telefone, correio eletrónico ou chat. Tudo isto torna os processos de reserva para os viajantes de negócios mais rápidos e melhores. A IA já é parte integrante da recolha de dados para a contabilidade das despesas de viagem, em particular.

Apesar dos muitos pontos positivos, os inquiridos não são totalmente a favor ao uso da IA e aos chatbots de viagens. 48% receia problemas técnicos ou falhas na ligação à Internet, e cerca de 45% dos inquiridos manifesta preocupações quanto à proteção de dados.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img