Quarta-feira, Novembro 30, 2022
Quarta-feira, Novembro 30, 2022

SIGA-NOS:

Festival ART&TUR leva a Ourém filmes de turismo nacionais e internacionais

O Teatro Municipal de Ourém recebeu esta segunda-feira a apresentação pública do programa do ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo, que vai decorrer entre 25 e 28 de outubro nesta cidade do Centro de Portugal. O festival é uma co-organização entre a Centro Portugal Film Commission e a Turismo Centro de Portugal.

Na sua 15.ª edição, o ART&TUR é um certame consolidado no panorama nacional e internacional dos festivais de cinema de turismo, atraindo todos os anos os melhores filmes promocionais e documentários sobre turismo, nacionais e internacionais. As últimas quatro edições do festival realizaram-se no Centro de Portugal, nomeadamente em Leiria, Torres Vedras, Viseu e Aveiro, a que se segue agora Ourém.

Durante os quatro dias do festival, serão exibidos os filmes que compõem a ‘short list’ da competição, selecionados entre os 281 filmes promocionais e documentários, de 32 países, que se inscreveram na competição e que foram avaliados pelo júri internacional. No total, serão exibidos 87 filmes, integrados em 13 sessões temáticas. As sessões temáticas serão antecedidas de mesas-redondas, em que especialistas refletirão sobre temas atuais abordados nos filmes exibidos.

Presente na conferência de imprensa, Francisco Dias, diretor do festival, destacou a sua convicção de que “esta é a melhor edição de sempre do Festival ART&TUR, com conteúdos de grande qualidade”. “Embora seja um evento de nicho, este festival chega ao mundo inteiro e às pessoas certas, como são as entidades de turismo e as equipas de produção. É um evento global, quer nos filmes exibidos quer no júri, pelo que ao fazermos um festival de quaildade, estamos a promover a qualidade do nosso turismo”, acrescentou.

Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, elogiou a parceria com o ART&TUR, que ao longo dos anos tem sido muito positiva. “O Festival ART&TUR está em linha do que queremos fazer todos os dias: divulgar o território do Centro de Portugal em todos os mercados. Este é um evento internacional e, ao mesmo tempo, descentralizado, uma vez que acontece todos os anos em locais diferentes da região, sustentável e inclusivo. Por isso, inspira e renova a confiança do mercados externo e interno”, sublinhou. Além disso, “por ser descentralizado, é um contributo para desmistificar a ideia de que os grandes eventos só podem acontecer nos grandes centros”, afirmou.

Luís Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Ourém, agradeceu a confiança da Turismo Centro de Portugal e do ART&TUR pela escolha da cidade. “Receber o ART&TUR era um objetivo que já tínhamos há muito. Tudo faremos para que seja efetivamente um grande festival e para corresponder às expetativias”, sublinhou, acrescentando que este festival se “insere na estratégia do município para captar eventos e atrair visitantes ao território”, de que são exemplo o congresso da AHP e o Encontro da Diáspora, que se vão realizar em Ourém ainda este ano.

Na apresentação, foram também revelados os próximos três concelhos que receberão o ART&TUR, Lousã, em 2023; Caldas da Rainha, em 2024, e Fundão, em 2025.

Luís Antunes, presidente da Câmara Municipal da Lousã, considerou que “é uma honra para a Lousã poder acolher este evento internacional, que organizaremos com grande entusiasmo”. “Tenho a certeza de que estaremos à altura da responsabilidade e que a Lousã irá proporcionar momentos inesquecíveis aos participantes”, disse ainda.
.
Por sua vez, Conceição Henriques, vereadora da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, manifestou a “satisfação por poder estar ladeada pela Lousã e Fundão nos próximos anos”. “A região Centro de Portugal é entusiasmante. Este festival é mais uma prova de que o turismo em Portugal é cada vez mais profissional e está muito bem entregue. O cinema cria valor e em conjugação com o turismo faz chegar os territórios mais além”, elogiou.

Um programa completo durante quatro dias

O primeiro dia do ART&TUR, 25 de outubro, começa com uma sessão de boas-vindas, que contará com a presença de Francisco Dias, Diretor do Festival ART&TUR, Pedro Machado, Presidente do Turismo Centro de Portugal, Anabela Freitas, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, e Luís Albuquerque, Presidente da CM de Ourém.

Seguem-se as exibições dos primeiros filmes a concurso, divididos no primeiro dia em cinco secções: “Filmes do Centro de Portugal”, “Filmes do Norte de Portugal”, “O Turismo no Interior de Portugal”, “Filmes sobre Gastronomia” e “Portugal Como Destino de Surf e Aventura”.

As sessões serão intercaladas por mesas-redondas, grandes momentos de partilha de experiências. Neste primeiro dia, serão abordados os temas “O cinema como motor do desenvolvimento regional”, “Estará o Interior de Portugal condenado?”, “O vinho, o azeite e a dieta mediterrânica” e “Portugal, país do surf e da aventura”.

As cinco sessões do segundo dia de festival, dia 26, têm os seguintes temas: “Filmes sobre jovens talentos de África”, “Parque Arqueológico do Vale do Côa”, “A Aldeia Aqui Tão Perto”, “Filmes da Competição Internacional – 1ª parte” e “Filmes Sobre Ciência e Ecologia”. Mais uma vez, as sessões serão intercaladas por mesas-redondas, neste caso sobre “Interpretação e Salvaguarda do Património Arqueológico” e “Faz Sentido Viver em Aldeias do Interior?”.

A manhã do terceiro dia, dia 27, será preenchida com um programa cultural para convidados. Ao início da tarde, e depois de ser apresentado o projeto europeu “Olive4All”, de valorização do património olivícola, retoma-se a exibição de filmes, com mais três sessões: “Filmes Sobre Turismo Sustentável”, “Filmes da Competição Internacional – 2ª parte” e “Filmes da Competição Internacional – 3ª parte”.

O último dia de Festival ART&TUR, dia 28, prossegue com o programa cultural para convidados e termina, a partir das 17h30, com o momento mais alto do evento, a Gala de Prémios ART&TUR Ourém 2022. Esta contará com a presença de 150 convidados, incluindo a Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, autarcas, embaixadores, investigadores e professores de turismo, comunicação e marketing, empresários, equipas de produção audiovisual, artistas, jornalistas e os titulares dos filmes vencedores.

Iniciativas paralelas do Festival ART&TUR

Além do vasto programa de exibição de filmes e de mesas-redondas, a edição de 2022 do ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo incluirá duas iniciativas que já fazem habitualmente parte do programa.

A primeira iniciativa é o ART&FACTORY, uma parceria com a Centro de Portugal Film Comission. Esta iniciativa é um concurso de produção audiovisual em que participam realizadores internacionais, que irão produzir, na semana imediatamente antes do festival, filmes promocionais no território que recebe o ART&TUR — este ano, o Médio Tejo. Os filmes serão exibidos no festival.

A segunda iniciativa é o “Blogging Médio Tejo”, em parceria com a Associação de Bloggers de Viagem Portugueses (ABVP). Este é um concurso que tem o objetivo de reforçar a visibilidade das publicações de bloggers dedicadas ao Médio Tejo. A melhor publicação em texto e fotografia dedicada ao Médio Tejo será premiada.

Paralelamente, decorrerão outras iniciativas inseridas no festival. O programa completo do evento pode ser consultado online.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img