Domingo, Junho 16, 2024
Domingo, Junho 16, 2024

SIGA-NOS:

Geração Z e Millennials estão menos interessados em programas de fidelização, revela estudo

Um recente inquérito revelou que a Geração Z e os Millennials estão menos interessados em programas de fidelização. Num ponto de vista mais geral, os programas de fidelização das companhias aéreas e de passageiro frequente continuam populares entre alguns viajantes, nomeadamente para os Baby Boomers e a Geração X.

Contudo, apenas 65% da Geração Z e 70% dos Millennials afirmam estar inscritos em programas de passageiro frequente de companhias aéreas, representando uma “grande descida” em relação aos Baby Boomers (89%) e à Geração X (80%).

Estes dados foram revelados pela OAG, plataforma de dados para a indústria global de viagens, que entrevistou 2 mil viajantes norte-americanos. As principais conclusões do inquérito são que os viajantes estão ansiosos para viajar, mas continuam conscientes dos custos e menos influenciados pelos programas tradicionais de fidelidade das companhias aéreas.

“À medida que as preferências da Geração Z e dos Millennials redefinem o aspeto dos programas de fidelização, as companhias aéreas terão de repensar o que é mais importante para os viajantes, de modo a envolver os clientes mais intensamente nos programas”, lê-se no relatório.

Será que os programas de fidelização tradicionais vão desaparecer lentamente à medida que os consumidores mais jovens constituem uma maior percentagem da população que viaja? Os dados indicam que sim.

A barreira número um para aderir a estes programas, de acordo com os viajantes da Geração Z (61%) e dos Millennials (49%) inquiridos, é a falta de viagens consistentes com uma única transportadora ou marca, seguida da demora no resgate dos prémios, com 14% e 19%, respetivamente. Por sua vez, 8% da Geração Z prefere prémios que sejam específicos às suas preferências de viagem e padrões de reserva.

Além disso, 8% da Geração Z e dos Millennials não querem que as companhias aéreas tenham acesso aos seus dados, em comparação com 5% da Geração X.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img