Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Grécia introduz medidas restritivas para garantir livre acesso às praias do país

O ministro grego da Economia e das Finanças, Kostis Hatzidakis, afirmou esta semana que iria tomar “medidas rigorosas”, incluindo multas até 60 mil euros, para garantir o livre acesso do público às praias do país.

Desta forma, foram aplicadas multas que variam entre 2 mil euros e 60 mil euros por um vasto leque de infrações, incluindo a construção de muros e edifícios, a instalação de vedações, jardineiras e toldos, bem como a colocação de veículos que impeçam o acesso à praia e ao mar.

Atividades ou eventos, como festas privadas na praia que não permitam o acesso à mesma, bem como a obstrução verbal ou física, são também ações puníveis ao abrigo da nova lei, aprovada pelo parlamento grego no mês passado.

Além disso, os regulamentos revistos penalizam os indivíduos ou empresas que sejam apanhados a deitar fora entulho, materiais de construção ou resíduos ao longo dos caminhos públicos.

No entanto, além de multas rigorosas, as novas regras também reforçam os métodos de inspeção, incluindo a utilização de drones. O ministério anunciou ainda que, nos próximos tempos, será disponibilizada uma aplicação onde os cidadãos poderão denunciar, em tempo real e com fotografias, as infrações cometidas nas praias.

O objetivo da nova legislação, segundo Kostis Hatzidakis, é garantir o livre acesso às praias do país, contribuir para a melhoria do produto turístico e salvaguardar o interesse dos moradores.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img