Segunda-feira, Maio 20, 2024
Segunda-feira, Maio 20, 2024

SIGA-NOS:

HiJiffy lança chatbot omnicanal para hotéis “alimentado” por GPT-4

A HiJiffy está a lançar a versão 2.0 do Aplysia OS, o seu sistema operativo proprietário, que usará o poder da Inteligência Artificial (IA) generativa para lidar com perguntas e pedidos dos hóspedes com “precisão e automação inigualáveis”, assegura a empresa.

A tecnologia funcionará diretamente no site do hotel, redes sociais e apps de mensagens (WhatsApp incluído), cobrindo toda a jornada do cliente, desde a pré-reserva até à pós-estadia.

Um “sneak peek” da solução já está disponível no site da HiJiffy, sendo possível interagir com uma versão demo, a qual já utiliza parte dos novos recursos conversacionais da Aplysia.

“Menos trabalho manual”, garante a HiJiffy

Os hotéis poderão “configurar respostas às perguntas frequentes com inputs rápidos, cobrindo todas as informações das suas propriedades com simples cliques ou mesmo importando dados de fontes externas (site, documentação digital…)”, explica a HiJiffy, em nota de imprensa.

“Ao dispensar o fornecimento de respostas específicas e estruturadas para instruir o chatbot sobre como responder especificamente a cada FAQ, tudo graças ao poder da IA generativa, será possível automatizar a grande maioria das perguntas e pedidos comuns dos hóspedes com meros cliques”, explica José Mendonça, CTO da HiJiffy.

Quando alguém do staff dos hotéis usa a plataforma da HiJiffy para lidar diretamente com um pedido de um hóspede, “a nova tecnologia também economizar tempo ao gerar uma sugestão de resposta personalizada com base no histórico da conversa”, acrescenta a empresa.

Melhores respostas

Com o poder do GPT-4, as conversas “serão mais eficientes” uma vez que as respostas serão refinadas de forma a responder especificamente às perguntas dos hóspedes, evitando mostrar grandes blocos de texto com base em FAQs pré-definidas, defende a empresa.

A IA também consegue entender frases complexas, as quais podem incluir mais do que uma pergunta/pedido, e inferir o significado de erros ortográficos ou frases incompletas.

“A experiência do utilizador será incomparavelmente melhor uma vez que as interações serão mais naturais e envolventes, simulando uma comunicação de tipo humano”, sublinha o CTO da HiJiffy.

Ao melhorar a qualidade das respostas e a capacidade de entender melhor a intenção do hóspede, a HiJiffy espera “atingir níveis de automação ímpares”. O grande objetivo é “aliviar as equipas do hotel do máximo possível de tarefas repetitivas e de baixo valor agregado”.

“Os níveis médios de automação dos mais de 1.600 hotéis que atualmente usam a HiJiffy oscilam entre 80% e 85%, o que já é um número notável. Agora, com os novos recursos da Aplysia, estamos confiantes de que seremos capazes de gerir com sucesso mais de 90% das questões dos hóspedes sem a necessidade de intervenção humana. Isso terá um impacto enorme nas operações dos hotéis”, acrescenta o especialista.

Tecnologia especificamente desenvolvida para hotéis

O chatbot “alimentado” por GPT-4 da HiJiffy só fornecerá respostas com base em conteúdo validado pelos hotéis, restringindo respostas enganosas, dados inventados ou informações fora de tópico, assegura a empresa.

“Sob o controlo da Aplysia OS conseguimos retirar o máximo partido da IA generativa com a segurança de transmitir apenas informações que são completamente confiáveis”, clarifica José Mendonça, CTO da HiJiffy.

A HiJiffy sublinha que a sua equipa de Data Science concebeu especificamente a arquitetura da solução para operar com as versões mais avançadas publicamente disponíveis de IA generativa, o que “poderá ir desde um novo modelo baseado no GPT ou até mesmo no PaLM”.

Com esta abordagem agnóstica, a Aplysia poderá “evoluir rapidamente usando sempre as mais recentes tecnologias”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img