Domingo, Junho 23, 2024
Domingo, Junho 23, 2024

SIGA-NOS:

Hyatt procura diretor-geral para o hotel de luxo Andaz Lisboa, que abrirá na capital em 2024

A Hyatt encontra-se atualmente à procura de um diretor-geral para o Andaz Lisboa, o segundo hotel do grupo na capital portuguesa, sucedendo à abertura do Hyatt Regency Lisboa em 2022. Com inauguração prevista para 2024, o Andaz Lisboa promete ser uma adição luxuosa ao cenário hoteleiro da cidade, representando um marco significativo na estratégia de expansão contínua da Hyatt na Europa do Sul.

De acordo com a Hyatt, o Andaz Lisboa proporcionará aos visitantes um “novo e empolgante hotel de luxo na capital portuguesa”.

Localizado no centro da movimentada zona da Baixa de Lisboa e situado ao longo da principal rua pedonal, a Rua Augusta, o hotel será composto por cinco edifícios separados, incluindo os antigos escritórios de um dos principais bancos em Portugal, o Banco Português de Investimento (BPI). Este edifício central do hotel oferecerá 169 quartos de hóspedes, com os quatro edifícios satélite circundantes do hotel a oferecerem aos hóspedes várias suites privadas à escolha. “Esta disposição única permitirá aos hóspedes abraçar totalmente o local e experimentar elementos regionais autênticos de Lisboa que estimulam os sentidos”, afirma a marca hoteleira.

De acordo com informações do Diário Imobiliário, o Andaz Lisboa integrará a rica cultura e herança lisboeta em sua arquitetura e design, sob a liderança dos arquitetos Andreas Mörschel e Pedro Reis, juntamente com a Bastir Interior Design.

Os hóspedes poderão desfrutar de cocktails e pratos locais no restaurante, bar e Andaz Lounge no último piso do hotel, além de relaxar e rejuvenescer nas instalações do SPA e centro de fitness.

As qualificações desejadas para o cargo de diretor-geral, conforme indicado no LinkedIn, incluem familiaridade com a cultura e missão da empresa, habilidades de liderança para promover uma equipa diversificada, capacidade de estabelecer e fortalecer relações, identificar e desenvolver talentos, e liderar com compaixão, demonstrando uma elevada inteligência emocional. A Hyatt procura também alguém com experiência prévia como Diretor Geral em destinos ou propriedades comparáveis, com fluência em português e inglês.

“Defender o nosso objetivo, desenvolver talentos diversificados, ter uma mentalidade ágil e experimentar para melhorar, bem como causar impacto como líder empresarial, é o que um candidato selecionado considera ser o seu ponto forte”, acrescenta a marca hoteleira.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img