Quarta-feira, Agosto 17, 2022
Quarta-feira, Agosto 17, 2022

SIGA-NOS:

Iberia mantém ligação ao Funchal durante o inverno

A Iberia já está a finalizar a sua programação para o inverno 2022-2023, que começa a 30 de outubro e vai até 25 de março do próximo ano. A companhia aérea afirma estar a trabalhar para consolidar a recuperação de toda a sua rede de voos e destinos, e neste inverno programou a mesma capacidade que oferecia antes da pandemia graças, sobretudo, ao relançamento das rotas na América Latina, EUA e uma maior implantação de voos na rede de curto e médio curso.

No que diz respeito aos voos de curto e médio curso na Europa, o grupo Iberia irá implantar uma capacidade ainda maior do que no inverno de 2019, apostando em mercados mais corporativos e de férias.

Na Europa, a Iberia concentra esforços em Itália onde crescerá com sete frequências em Milão (de 28 para 35 voos semanais) e Roma , com mais quatro frequências e 37 voos semanais. Em ambos os destinos, oferecerá uma média de cinco voos diários em cada sentido.

Em Portugal, a companhia irá crescer em Lisboa até 40 voos semanais (até seis voos diários), e vai oferecer a sua rota para o Funchal durante todo o inverno com três frequências semanais.

Genebra, Bruxelas e Bordéus são outras rotas corporativas nas quais a Iberia irá reforçar a sua capacidade. Em Genebra atingirá 34 frequências semanais (até cinco voos diários), em Bruxelas aumentará a sua oferta até três frequências diárias, e em Bordéus, a Iberia Regional / Air Nostrum aumentará também a sua oferta até três frequências diárias.

No mercado latino-americano, a Iberia vai recuperar voos diretos para o Rio de Janeiro e Caracas, dois dos seus últimos destinos ainda pendentes após a pandemia, e, a partir de novembro, passará a oferecer três frequências semanais em cada uma das rotas.

Os outros crescimentos mais relevantes neste mercado serão: Havana, que passa de três a cinco frequências semanais, a rota Guatemala-El Salvador, de cinco a sete frequências semanais, e Quito (Equador) seis voos semanais.

O México continua a ser o mercado com maior oferta, junto com Bogotá e Buenos Aires, onde a Iberia consolidará os dois voos diários nesta temporada de inverno. Em Santiago do Chile, Lima e São Paulo mantém um voo diário, assim como San José na Costa Rica, que também passa de seis a sete frequências semanais. Montevidéu e Panamá terão seis voos semanais e Porto Rico com quatro operações durante o inverno.

Dallas também no inverno

Nos EUA, a principal novidade é a extensão da operação com Dallas que a Iberia lançou inicialmente para operar neste verão. Dallas é o principal centro de distribuição de voos da American Airlines, -parceiro da Iberia, British Airways, Finnair e Aer Lingus no acordo para a operação de rotas entre a Europa e o Atlântico Norte-, o que tem contribuído para gerar tráfego suficiente para manter este percurso também no inverno, com três frequências semanais até fevereiro e quatro já no mês de março. Nesta rota, a Iberia introduziu a operação com Airbus A330, que permitirá aos seus clientes usufruir de todos os seus produtos: cabine Business, Premium Economy e Economy.

Além disso, a Iberia cresce em vários destinos nos EUA em relação ao inverno passado. Em Miami passará de 10 a 14 frequências semanais -dois voos diários- e em Nova Iorque, de 10 para 13 frequências semanais que chegarão a 14 já em março.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img