Quarta-feira, Julho 17, 2024
Quarta-feira, Julho 17, 2024

SIGA-NOS:

Impacto da Geração Z e principais destinos na Europa: MarketHub revela tendências de viagens

-PUB-spot_img

O MarketHub Europe, do Grupo HBX, partilhou as principais tendências sobre viagens e, em paralelo, o crescimento do mercado durante a sua jornada inaugural, celebrada esta semana em Istambul com o título “Novas Fronteiras”.

Através de diferentes palestras e mesas redondas, os líderes seniores do grupo e representantes de empresas de turismo, tecnologia e inovação refletiram sobre os desafios que o setor enfrenta e a necessidade de equilibrar os avanços tecnológicos com a sustentabilidade, bem como o potencial da tecnologia para melhorar a experiência de viagem e criar novas oportunidades de negócio.

Foram também apresentados os principais destaques sobre a constante evolução dos hábitos dos viajantes, com especial destaque para os destinos europeus e do Médio Oriente.

Carlos Muñoz, diretor comercial do Grupo HBX, salientou o papel cada vez mais importante da Geração Z e dos seus hábitos de consumo na definição das tendências de viagem. “Com um claro enfoque nas reservas de última hora e uma preferência por pacotes turísticos, a Geração Z já está a remodelar a forma como a indústria funciona. Além disso, a sua elevada consciência da sustentabilidade molda claramente as suas escolhas de viagem”.

O Grupo HBX registou um aumento de 25% nas pesquisas nas suas plataformas, totalizando agora 5,6 mil milhões por dia. Globalmente, a Europa continua a ser um dos principais mercados de entrada e saída, enquanto o Médio Oriente continua a crescer.

Tendências de viagem

A nível mundial, Espanha e Estados Unidos destacam-se como dois dos principais recetores de viajantes, sendo as cidades de Londres, Paris, Nova Iorque, Dubai e Barcelona a registar uma maior procura. Embora todas as regiões tenham registado um crescimento nas suas reservas em relação a 2023, a China e o Japão destacam-se de forma notável.

A Europa consolida a sua posição como destino após a pandemia. O continente alcançou um aumento de mais de 60% nas reservas face a 2019. Espanha e Itália são dois dos países mais populares, com a maioria dos viajantes que escolhem a Europa a chegar do Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Espanha.

Londres, Paris e Roma continuam a ser as cidades preferidas e a estadia média é de três noites, com uma tendência crescente de reservas de 1 a 3 dias. Entre os destinos com crescimento mais rápido estão as Ilhas Baleares e Canárias. 

Médio Oriente: A importância das reservas de última hora

Mercados como o Reino Unido, Arábia Saudita e França continuam a ser os principais mercados emissores de turismo para a região. As reservas de última hora são cruciais neste mercado, onde representam mais de 40% do total.

A estadia média é de cerca de 3 noites, e Dubai, Abu Dhabi e Meca estão entre os destinos mais populares. Entre os dez favoritos, Doha aparece como uma das opções de crescimento mais rápido.

Turquia está a recuperar posição de país emissor

Antalya e Istambul são os destinos mais populares da Turquia. De acordo com os dados do HBX Group, além do turismo interno, o principal mercado de origem da Turquia é o Médio Oriente e, da Europa, a Alemanha é particularmente forte.

As reservas feitas por viajantes da Turquia cresceram mais de 50% em relação a 2019 e já ultrapassam as reservas registadas no ano passado. Entre as escolhas mais populares estão os destinos domésticos, seguidos pelo Reino Unido, Alemanha, Itália e França, bem como os Emirados Árabes Unidos.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img