Quarta-feira, Julho 17, 2024
Quarta-feira, Julho 17, 2024

SIGA-NOS:

Setor do turismo vai ter um “verão promissor”, aponta Barómetro do Turismo do IPDT

-PUB-spot_img

Os profissionais do setor turístico antecipam que Portugal terá um verão promissor, com o aumento da procura internacional superior ao da procura interna, liderada pelos Estados Unidos, revela o último Barómetro do Turismo do IPDT, divulgado esta quinta-feira, dia 27.

Sete em cada dez inquiridos consideram que “o mercado internacional vai registar um aumento do número de turistas, de dormidas, de receitas e da receita por quarto disponível (RevPar) nos próximos meses”, de acordo com as conclusões da 71.ª edição do Barómetro do Turismo elaborado pelo IPDT – Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo.

O inquérito, realizado entre 26 de março e 02 de abril deste ano, com um total de 51 respostas válidas, dá ainda nota de que o mercado norte-americano irá liderar no crescimento dos principais mercados emissores de turistas em Portugal, tal como verificado nas edições anteriores.

No que diz respeito ao desenvolvimento do mercado interno, o barómetro indica uma previsão de aumento das receitas turísticas e do RevPar. Já o nível de confiança médio no desempenho do turismo atingiu os 84,2 pontos em março deste ano, sendo o segundo maior valor observado desde abril de 2016.

As últimas seis edições do Barómetro do Turismo comprovam um crescimento do indicador e a recuperação do nível de confiança no setor no pós-pandemia de covid-19, sendo que desde a edição de maio de 2022 o nível de confiança está acima dos 80 pontos.

Embora a alteração do governo português tenha gerado “alguma incerteza”, os membros do painel mostram-se confiantes em relação ao crescimento da procura, especialmente, pelos mercados estrangeiros. Além disso, os profissionais inquiridos acreditam de que a escolha dos turistas no verão deste ano vai recair, sobretudo, no produto “Sol e Mar”, seguindo-se a “Gastronomia e Vinhos” e a “Cultura”.

Com base no contributo do painel, foi desenvolvido o “TOP 5” de prioridades a serem consideradas pelo novo governo liderado por Luís Montenegro, com mais de 60% dos profissionais a identificarem o alívio da carga fiscal como a principal prioridade a tomar. Segundo o Barómetro do Turismo, quatro em cada 10 membros destacaram a necessidade de decisão governamental em relação à localização do novo aeroporto de Lisboa.

Os indicadores com maior tendência de crescimento são o número de pessoas empregadas, a procura turística externa e a atividade do turismo, segundo o estudo. Por outro lado, é expectável que o indicador do investimento público venha a diminuir nos próximos meses, sendo que 80% dos inquiridos afirmaram acreditar que este indicador possa vir a manter-se, ou mesmo a diminuir o seu desempenho.

O barómetro mostra ainda que oito em cada 10 inquiridos consideram que o mercado norte-americano vai aumentar a sua representatividade como mercado emissor de turistas no verão de 2024 em Portugal. Seguem-se os mercados do Canadá, Brasil e Espanha.

Os mercados japonês e italiano, por seu turno, deverão manter um desempenho semelhante ao período homólogo em análise, enquanto no caso do mercado alemão, 30% dos profissionais inquiridos preveem a possibilidade de um ligeiro decréscimo.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img