Domingo, Junho 23, 2024
Domingo, Junho 23, 2024

SIGA-NOS:

KLM reforça oferta em Portugal este inverno

A KLM vai iniciar a época de inverno 2021 a operar 12 voos semanais entre Lisboa e Amesterdão e 14 voos semanais entre o Porto e Amesterdão, o que equivale a um aumento de +17% na oferta no inverno de 2021 face à oferta pré-pandemia em período idêntico de 2019.

O novo programa de inverno da KLM entra em vigor a 31 de outubro e é válido até 26 de março de 2022.

À medida que vão sendo aliviadas mais e mais restrições de viagem, a KLM “vai ser capaz de aumentar a sua capacidade novamente este inverno e, assim, planeia operar voos diretos de Amesterdão para 162 destinos, 72 intercontinentais e 90 na Europa”, refere a companhia.

“Depois de mais de 18 meses, mais e mais fronteiras estão a reabrir e estamos bem encaminhados para a recuperação. A KLM está satisfeita de poder, uma vez mais, oferecer aos passageiros tantos destinos. Estamos desejosos por fazer o que fazemos de melhor: aproximar as pessoas. Viajar tem tudo a ver com conexões pessoais, e é isso que a KLM representa!”, afirmou Pieter Elbers, Presidente e CEO da KLM.

A oferta para Portugal da KLM é complementada pela da sua parceira francesa, a Air France, que oferece rotas entre Paris-CDG e 3 aeroportos portugueses (Lisboa, Porto e Faro, agora também no inverno)

Mais ligações para os EUA e Caraíbas

Este inverno, os voos intercontinentais da KLM vão operar com cerca de 75% da capacidade face ao inverno de 2019.

A partir de 8 de novembro, a KLM vai expandir a sua capacidade para vários destinos nos EUA. O número de frequências para Atlanta, por exemplo, quase que duplica para 12 voos/semana, e haverá 11 voos semanais para Nova Iorque-JFK este inverno. A KLM servirá ainda Las Vegas e Miami este inverno, ambos 3 vezes/semana. O serviço de Mineápolis, retomado no verão, também continua no inverno com 3 voos semanais.

Tendo em conta “um forte aumento da procura por viagens para a parte caribenha do Reino dos Países Baixos”, a companhia aérea está também a expandir a sua capacidade para as Caraíbas e vai duplicar o número de voos para Curaçao, para 14 voos por semana. Vai igualmente aumentar a capacidade diária na rota para Aruba e Bonaire, com a introdução de um Boeing 777-300ER, o seu maior avião de passageiros. Para responder à procura prevista para as férias de Natal, a KLM está a planear três voos semanais adicionais para essas ilhas, elevando o número total de voos semanais para Aruba e Bonaire para dez até ao final do ano.

A rede KLM está também a mostrar sinais de recuperação na América do Sul, com quatro voos semanais para San José e Libéria na Costa Rica (face aos dois o inverno passado) e voos diários para a Cidade do Panamá. A capacidade da rota para Paramaribo (Suriname) vai também aumentar consideravelmente este inverno, com quatro voos semanais, contra um no inverno passado devido às estritas restrições de viagens. O serviço regular mais longo da KLM, sem escalas a partir de Amesterdão para Santiago do Chile, prossegue este inverno com três voos semanais.

Este inverno, a compnhia vai introduzir quatro destinos totalmente novos na sua rede: Mombaça, Cancún, Port of Spain e Bridgetown. O primeiro voo para Cancún, no México, descola a 2 de novembro, com cinco voos semanais durante o período de férias de Natal. Isto vai elevar para 12 o número total de voos semanais da KLM para o México. O primeiro voo (combinado) para Port of Spain em Trinidad e Tobago e Bridgetown em Barbados descolou a 16 de outubro e vai operar três vezes por semana. O serviço programado para Mombaça, no Quénia, está previsto começar no início de dezembro; A KLM está atualmente no processo de obtenção das autoridades quenianas das licenças de voo necessárias.


DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img