Domingo, Junho 23, 2024
Domingo, Junho 23, 2024

SIGA-NOS:

Lufthansa cancela ‘quase todos’ os voos na Alemanha por causa de greve de pilotos esta sexta-feira

O sindicato alemão de pilotos Vereinigung Cockpit (VC) convocou uma greve na Lufthansa e Lufthansa Cargo para esta sexta-feira, dia 2 de setembro, das 00:01 às 23:59, afetando as partidas de ambas as empresas em todos os aeroportos alemães onde operam.

Como consequência, o grupo Lufthansa cancelou quase todos os seus voos para esta sexta-feira – cerca de 800 que afetam 130.000 passageiros. A companhia aérea alega que ceder às suas exigências salariais aumentaria os custos da folha de pagamento em mais de 40%.

Em comunicado publicado na sua página oficial, o grupo Lufthansa afirma que de momento não consegue fornecer informações mais específicas sobre o impacto das paralisações no momento, mas diz que fará tudo o que for possível “para minimizar o impacto das medidas de greve para os passageiros”, pedindo que consultem o site www.lufthansa.com para obter informações sobre o seu voo.

Michael Niggemann, diretor de recursos humanos e da Deutsche Lufthansa AG, afirma: “Não podemos entender o pedido de greve da VC. Essa escalada ocorre às custas de muitos milhares de clientes.”

Especificamente, o Grupo apresentou uma oferta com prazo de 18 meses, na qual os pilotos da Lufthansa e da Lufthansa Cargo receberão um total de 900 euros a mais na remuneração base por mês em duas etapas. “Isso beneficiará os salários de nível de entrada em particular”, refere o comunicado. “Um copiloto de nível básico receberá mais de 18% do pagamento básico adicional durante a vigência do contrato, enquanto um capitão na fase final receberá cinco por cento. Com o acordo para o pessoal de terra, o Grupo demonstrou estar preparado para fazer aumentos salariais significativos”.

O sindicato exige um aumento salarial de 5,5% até o final do ano como primeiro passo, mas também uma compensação adicional acima da inflação a partir de janeiro de 2023. “De acordo com as estimativas atuais, isso aumentaria os custos salariais dos pilotos da Lufthansa e Lufthansa Cargo em 16% durante o período de dois anos proposto pela VC”, refere o grupo.

Além disso, a VC está a exigir entre outras coisas, “uma nova escala salarial com um salário base mais alto e mais dinheiro, por exemplo, para licenças médicas, férias ou formação. Além dos 16%, isso aumentaria os custos com salários de pilotos em mais 25 pontos percentuais com base em dados de anos anteriores. Mesmo sem levar em conta as consequências financeiras da crise do Covid, isso não é aceitável”. acrescenta o comunicado.

No total, as reivindicações da VC aumentariam “os custos com salários de pilotos em provavelmente mais de 40% – ou aproximadamente 900 milhões de euros – nos próximos dois anos”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img