Segunda-feira, Maio 27, 2024
Segunda-feira, Maio 27, 2024

SIGA-NOS:

Madeira cresce 31% em janeiro e aumenta capacidade aérea em 11% no verão

As dormidas na Madeira cresceram 31% em janeiro de 2023, comparativamente a igual período de 2019, revelou o secretário regional do turismo da Madeira esta quinta-feira, 3 de março, num encontro com a imprensa à margem da Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre até domingo, dia 5.

Eduardo Jesus considera a presença na BTL “obrigatória”, dada a importância e relevância do mercado nacional para o destino – é o terceiro mercado emissor, responsável por 19% das dormidas , a seguir ao mercado alemão e inglês. A Madeira recebeu em 2022 520 pessoas provenientes do continente (…). Tivemos a maior oferta de lugares de sempre na aviação para a Madeira”, afirmou o responsável, destacando ainda a conectividade entre os dois arquipélagos. “Nunca existiu tantos voos entre os Açores e a Madeira, chegámos a ter dez frequências semanais da SATA, e este ano vamos ter 11. Toda conectividade nacional não só com Portugal Continental como com a região autónoma teve um incremento bastante grande”, referiu.

Para este ano, o destino já assegurou um crescimento das ligações aéreas no verão de 11%, com Eduardo Jesus a explicar que aposta este vai ser “consolidar” os destinos europeus e afirmar-se na América. “Vamos conservar os mercados europeus e tirar partido de alguma oportunidade que surja”, revelou, lembrando que a Madeira estava a beneficiar de fluxos de países do leste, antes de se iniciar o conflito.

No caso da América, Eduardo Jesus sublinhou a ligação Nova Iorque Aeroporto JFK e o Funchal que passou a anual, e adiantou estarem a trabalhar numa operação para Toronto, que pode ser via Ponta Delgada. O destino vai ainda fazer “uma grande aposta”, no Brasil, aproveitando o reforço do stopover da TAP em Lisboa.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img