Terça-feira, Fevereiro 20, 2024
Terça-feira, Fevereiro 20, 2024

SIGA-NOS:

Organização Mundial do Turismo certifica cinco cursos das Escolas do Turismo de Portugal

A Rede de Escolas do Turismo de Portugal recebeu a certificação TedQual da Organização Mundial de Turismo (OMT), pelo período máximo de três anos, para cinco cursos. Pastry Management and Production Hospitality Operations Management receberam a primeira certificação TedQual, enquanto os cursos Culinary Arts, Food and Beverage Management e Tourism Management viram a certificação de qualidade renovada.

Em comunicado, o Turismo de Portugal destaca as vantagens desta certificação que, além do reconhecimento nacional e internacional, permite o “acesso a um conjunto significativo de estudos e informação especializada, e a projetos de formação, cooperação e desenvolvimento internacionalmente reconhecidos”.

Com um score de 91,8%, equivalente a 776 pontos em 845 possíveis, a renovação de três cursos e a primeira classificação de dois novos cursos “reflete o compromisso contínuo com a qualidade educacional de todas as Escolas do Turismo de Portugal”, sublinha a entidade pública. O processo contou com os “necessários procedimentos de autoavaliação, sendo posteriormente avaliado pelos peritos da OMT através de auditorias presenciais que incidiram sobre cinco cursos lecionados em todas as escolas da rede”.

Além de reconhecer a qualidade da formação proporcionada pelas Escolas do Turismo de Portugal, esta certificação “ajuda a promover a melhoria contínua da formação e investigação em turismo, definindo um standard de critérios que garantem a qualidade dos projetos educativos das 12 Escolas que constituem a Rede Escolar do Turismo de Portugal”, acrescenta o Turismo de Portugal.

Para Catarina Paiva, Administradora do Turismo de Portugal, esta certificação “É um reconhecimento do compromisso do Turismo de Portugal em proporcionar uma formação de excelência, que atenda aos padrões internacionais e prepare os alunos para se destacarem profissionalmente face aos desafios do setor.”    

A auditoria realizada pela OMT analisou com especial detalhe cinco áreas: a coerência do plano de estudos, as condições pedagógicas (incluindo metodologias e infraestruturas), a gestão da Rede e das Escolas que a compõem, o corpo docente e a adequabilidade do programa de estudos às necessidades e perspetivas futuras do sector.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img