Sábado, Abril 13, 2024
Sábado, Abril 13, 2024

SIGA-NOS:

Portugal entre os 5 principais destinos de férias da Europa em 2024

Os europeus estão confiantes no seu poder de compra de viagens em 2024, apesar da contínua pressão sobre o custo de vida no continente, de acordo com um novo relatório da Accor.

O estudo, baseado em pesquisas realizadas com 8.000 viajantes de sete países europeus, destaca que mais de metade (54%) espera ter mais dinheiro para gastar em viagens este ano em comparação com 2023. O sul da Europa ainda está no topo da lista dos viajantes europeus, com um em cada quatro (23%) a planear uma viagem a Espanha este ano, seguido por Itália (18%), França (16%), Portugal e Grécia (13%). Fora da Europa, 16% dos viajantes europeus pretendem fazer uma viagem à América do Norte ou Central este ano, e a mesma proporção planeia uma viagem à Ásia.

Os viajantes na Polónia lideram em confiança, com 64% a prever um aumento no orçamento para viagens, seguidos pelos alemães (61%). Os italianos, o grupo menos confiante dos sete países, mostram uma proporção considerável (44%) esperando um aumento nos orçamentos de viagem.

Além disso, o relatório destaca que os viajantes estão cada vez mais a combinar negócios com lazer nas suas viagens, uma tendência conhecida como “bleisure”, com 19% dos viajantes europeus a planear fazer pelo menos uma viagem desse tipo em 2024.

Apesar da confiança no poder de compra, os custos continuam a ser uma consideração importante, com a maioria dos entrevistados a tomar medidas para reduzir despesas sempre que possível. A sustentabilidade também está a tornar-se uma prioridade para os viajantes, com 71% a afirmar que é uma questão importante nas suas decisões de viagem.

As alterações climáticas também contribuem parcialmente para outra tendência: evitar a época alta. Um em cada três inquiridos em toda a Europa (32%) afirma que tirará férias propositadamente fora da época alta para reduzir custos; enquanto um em cada cinco (19%) espera fazê-lo para evitar o risco de ondas de calor, como as observadas no verão passado no sul da Europa.

Como resultado, alguns destinos de clima quente podem ter uma temporada turística mais longa, com alguns operadores turísticos já oferecendo férias em destinos mais quentes.

Os viajantes recebem primeiro recomendações de amigos e familiares sobre onde ir nas férias: 35% afirma que as recomendações influenciam os seus planos de férias, seguidos por 29% que são influenciados por avaliações online em sites como o TripAdvisor ou websites de hotéis.

A lealdade também conta. Operadores e marcas confiáveis ​​são vitais para as escolhas das pessoas, com 17% citando-os como um fator importante. Ser membro do programa de fidelização de um determinado alojamento ou operador turístico também é crucial para 6% dos inquiridos.

Um em cada seis (16%) é influenciado por destinos que viu em programas de televisão ou filmes. “Set-jetting”, a tendência para férias em locais de filmagem de programas de TV ou filmes, foi popularizada com o fluxo de visitantes a paisagens que ficaram famosas por programas como The White Lotus e Game of Thrones. Algumas empresas de viagens até criaram itinerários e experiências inspirados na TV para captar o interesse.

Cerca de 12% dos entrevistados são influenciados por destinos que viram nas redes sociais – o mesmo que aqueles que são influenciados pelos conselhos de um agente de viagens.

Os hotéis dominam como o tipo de alojamento de férias mais popular para os viajantes europeus (65%) . Quando se trata de escolher um hotel, o custo e a localização são os factores mais importantes. No entanto, os viajantes também são atraídos por hotéis que oferecem um excelente serviço presencial, com 21% citando-o como um factor-chave no momento da reserva de uma estadia. Outros fatores de reserva incluem boa comida e bebida (37%), excelente ambiente (17%) e aceitação do destino local (11%).

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img