Quarta-feira, Agosto 17, 2022
Quarta-feira, Agosto 17, 2022

SIGA-NOS:

Reservas diretas tornam-se principal canal de vendas na Ásia durante a pandemia, segundo estudo da D-Edge

O peso dos quartos vendidos através do website oficial do hotel está a atingir níveis recorde, segundo a pesquisa “Hotel Distribution and the Pandemic: The Tourism Chessboard”, elaborada pela D-EDGE, fornecedor de SaaS e soluções de marketing digital para hoteleiros.

“Na Ásia, o canal direto tornou-se mesmo o principal canal de vendas na Ásia”, refere a empresa, apontando que 41% das vendas online dos hotéis na Ásia em 2021 são feitas através dos seus websites.

Uma das conclusões do estudo é que, entre as OTAS, a Booking.com representa a maior parte do mercado. “Alguns dos grandes intervenientes, como a Expedia ou a Agoda, viram a sua quota de mercado diminuir significativamente, enquanto outros intervenientes, como a AirBnB ou as OTAs locais, pelo contrário, viram a sua quota de mercado aumentar”.

Quanto aos cancelamentos de reservas, em média, mais de uma reserva em cada duas é cancelada, o que revela “a natureza ainda muito precária dos efeitos de recuperação que podem ser observados”.

“A nível mundial, o volume de reservas em 2021 ainda está 40% abaixo relativamente aos valores de 2019, tendo no entanto sido 159% superior comparativamente aos meses de março a maio de 2020. Não obstante, o mercado EMEA demonstra sinais promissores de melhoria, enquanto a Ásia-Pacífico, após uma recuperação inicial, assistiu a um declínio constante, que se deveu principalmente aos novos confinamentos impostos”, refere a pesquisa.

“A recuperação é uma realidade e pode constatar-se que, uma vez levantadas as restrições, há evidências de procura acumulada nos mercados. No entanto, a recuperação é frágil com níveis elevados de incerteza que afetam a previsão para lá de um, ou no máximo dois meses de antecipação. Isto está a afetar as taxas de cancelamento, como discutimos mais adiante”, conclui.

A D-EDGE tem vindo a publicar indicadores regulares sobre a evolução das reservas de hotel online desde 2018. Com uma base de clientes de 12.000 hotéis, os seus estudos baseiam-se numa amostra estável de 4.000 hotéis que utilizaram o CRS da D-EDGE ao longo de todo o período observado.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img