Sábado, Abril 13, 2024
Sábado, Abril 13, 2024

SIGA-NOS:

Solférias regista crescimento de 59% e destaca antecipação de vendas

A Solférias aumentou as vendas em 59%, face ao mesmo período do ano passado, revelou Sónia Regateiro, diretora comercial do operador turístico. “Face ao período homologo do ano passado, estamos 59% acima em termos de vendas, sem contar ainda com a BTL”, revelou, destacando que os voos de Lisboa para Djerba e as partidas do Porto para o Senegal estão praticamente esgotados.

Sobre a antecipação das compras pelos consumidores portugueses, Sónia Regateiro enfatizou: “Tudo o que diz respeito à campanha antecipada tem corrido muito bem. Os portugueses têm, cada vez mais, antecipado as suas compras”.

Quanto às novidades na programação da Solférias, a diretora comercial explicou que, embora não haja novos destinos, o operador turístico está focado em consolidar as suas operações charter e em expandir voos regulares. “A grande novidade da programação da Solférias em 2024 é a reabertura de destinos em voos regulares, pelas limitações que temos no Aeroporto de Lisboa”, declarou a diretora comercial durante o Roadshow da Solférias em Lisboa, realizado nesta segunda-feira no Pátio da Galé, e que percorreu as cidades do Porto e Coimbra.

“Em termos de destinos charter estamos sempre limitados, até com os destinos regulares estamos a ter muitas dificuldades de aprovações de slots no Aeroporto de Lisboa”, frisou.

A responsável também destacou a reintrodução de destinos como Moçambique – que deixou de ser operado antes da covid-19 – e a expansão para novas regiões, como Ásia e EUA. “Abrimos mais destinos na Ásia: Vietname, Cambodja, Laos, Polinésia Francesa e estamos a voltar a reabrir as vendas para os EUA”, acrescentou.

Quando questionada se a oferta charter para este ano excede a de 2019 em termos de número de lugares, Sónia Regateiro afirma que ultrapassa significativamente. “É a maior que já tivemos. Se o Aeroporto de Lisboa permitisse, poderíamos aumentar ainda mais. Sentimos um estrangulamento gigante de crescimento, não conseguimos crescer”.

Quanto aos destinos mais procurados, Sónia Regateiro mencionou os tradicionais como Cabo Verde, Disney e Tunísia, além do Senegal. “O top 5 nunca muda muito”, observou. No entanto, destacou que Moçambique tem despertado interesse desde a sua reintrodução na programação.

A responsável também mencionou o sucesso contínuo de Zanzibar. “Zanzibar também está a correr muito bem. A procura tem sido muito boa, superior ao ano passado”, revelou Regateiro. “Este ano os agentes estão muito mais confiantes a vender a operação. Além disso, sendo um voo direto de longa distância, os clientes podem desfrutar de oito dias completos no destino, já que o voo chega na segunda-feira de manhã e só sai na segunda-feira à noite”, nota

Sobre o balanço do roadshow, Sónia Regateiro expressou satisfação com a adesão dos agentes de viagens. “A adesão tem sido fantástica. No Porto contámos com 444 agentes de viagens, em Coimbra tivemos overbooking, chegámos aos 200 agentes de viagens, e aqui em Lisboa temos 468 confirmações”, afirmou, revelando que a Solférias contou com 79 parceiros na edição deste ano, quase o dobro do ano passado. “É um conceito que queremos continuar, porque acreditamos que é um evento que prestigia o turismo em geral no nosso país, e já há poucos eventos com esta dimensão”.

Por fim, a diretora comercial abordou questões de preços e o estado da programação charter da empresa. Confirmou que houve um aumento de preços entre 6 e 10% em relação ao ano anterior e revelou que a programação charter ainda não está fechada, com foco em aumentos de capacidade nas operações já quase esgotadas. “Em termos de slots, aguardamos na próxima semana ter tudo fechado”, concluiu.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img