Quinta-feira, Julho 18, 2024
Quinta-feira, Julho 18, 2024

SIGA-NOS:

Soltrópico e Associação de Promoção da Madeira celebram São João com novidades para o Fim de Ano

-PUB-spot_img

A Soltrópico e a Associação de Promoção da Madeira realizaram nesta terça-feira, dia 25, um arraial de São João no Posto de Informação e Turismo da Madeira, em Lisboa. O evento teve como objetivo mostrar a oferta gastronómica, cultural e turística do arquipélago da Madeira.

Como novidade, a Soltrópico anunciou a programação de fim de ano para o Funchal, que estará disponível nos próximos dias. Este ano, a partida será um dia mais cedo, no dia 28 de dezembro, com pacotes de quatro noites, tanto do Porto como de Lisboa. Além disso, a Soltrópico vai repetir a aposta num charter para o fim de ano em Porto Santo, como fez no ano passado, com saída de Lisboa a 30 de dezembro (3 noites). “No primeiro ano, tivemos algumas dificuldades, mas acreditamos que este ano será um sucesso. O clima é ótimo, a gastronomia é excelente e será sempre um momento especial para as famílias desfrutarem de Porto Santo nesta época”, afirmou Sandro Lopes, diretor comercial da Soltrópico.

Em relação à operação de verão para a Madeira, o responsável garantiu que “está a correr bem e dentro da normalidade”. “Temos um maior volume em Porto Santo na nossa programação. Este ano enfrentamos algumas dificuldades com relação às slots no Aeroporto de Lisboa, o que nos obrigou a adaptar a nossa programação. Tivemos que dividir a lotação prevista em Lisboa entre sexta, sábado e domingo. Mesmo assim, estamos a conseguir ter uma boa ocupação e estamos contentes com o desempenho. É uma operação que queremos continuar e aumentar, caso a capacidade hoteleira permita”, explicou o responsável.

Recorde-se que a Soltrópico programa o arquipélago de forma regular durante todo o ano, especialmente com operações da TAP, com voos diretos do Porto e Lisboa. A programação charter de verão da Soltrópico começou no passado dia 26 de maio e estende-se até 29 de setembro, no caso do Porto, e até 13 de outubro, no caso de Lisboa.

Questionado sobre se a operação de verão para Porto Santo teve mais dificuldades de programação devido a um maior volume de ligações aéreas para o destino, Sandro Lopes afirmou que “é um processo natural. Já temos um histórico de contratação com os operadores hoteleiros há muitos anos. Tendo em conta a capacidade aérea que pretendemos colocar no mercado, conseguimos garantir o espaço necessário para proteger toda a capacidade aérea que temos. Com a entrada de outros operadores aéreos, como a easyJet e os voos interilhas da Binter, há uma maior pressão sobre a hotelaria, especialmente nos hotéis mais vocacionados para as férias em família, com mais opções all-inclusive ou à beira da praia. Contudo, temos assegurado o nosso espaço devido ao histórico que construímos ao longo dos anos. Nos hotéis mais no centro da vila, realmente enfrentamos mais dificuldades de disponibilidade.”

A nível de reservas para a Madeira e Porto Santo, o operador está cerca de 10% acima do desempenho do ano passado.

“Começamos o ano com muita surpresa pelo ritmo acelerado das vendas antecipadas. Em maio, sentimos uma leve estagnação, mas isso reflete o comportamento do consumidor português de comprar antecipadamente para obter melhores preços e produtos desejados nos horários desejados. Neste momento, estamos a crescer a dois dígitos de forma geral. Temos alguns destinos de verão que ainda precisam de mais trabalho, como Marrocos. No entanto, a maioria dos destinos está em linha com nossas expectativas. O destino com melhor desempenho é Cabo Verde”, afirmou.

Além da apresentação da programação de fim de ano para a Madeira, os agentes de viagens presentes no arraial foram brindados com uma apresentação do destino, feita por Catarina Pereira, da Associação de Promoção da Madeira, e com um sorteio final de viagens para o destino.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img