Sábado, Fevereiro 24, 2024
Sábado, Fevereiro 24, 2024

SIGA-NOS:

StayUpon projeta receitas de 16,5M€ para 2024, impulsionadas por novos empreendimentos

O StayUpon Hospitality Group, proprietário de cinco unidades hoteleiras em Portugal, estima atingir em 2024 receitas de 16,5 milhões de euros, face aos 10,5 milhões de euros atingidos em 2023.

As projeções foram apresentadas nesta segunda-feira, dia 12, durante uma conferência que também revelou os próximos passos do grupo. No final de 2024, a StayUpon planeia inaugurar a sua sexta unidade, o Upon Bay Mundet Hotel, na baía do Seixal. Este empreendimento resulta da transformação da antiga fábrica Mundet num hotel com 102 unidades de alojamento, ostentando uma classificação de 4 estrelas. Com um investimento de 24 milhões de euros, espera-se que esta unidade gere cerca de 40 novos postos de trabalho, diretos e indiretos.

Cecile Gonçalves, administradora do StayUpon Hospitality Group, também anunciou o desenvolvimento de outro projeto, mais precisamente na Praia de Albarquel, à saída de Setúbal em direção à serra da Arrábida: “Estamos atualmente na fase de seleção de arquitetos. Este será um hotel com aproximadamente 50 unidades de alojamento. Queremos destacar as áreas comuns e verdes, embora ainda não tenhamos decidido se o posicionaremos como um hotel de 4 ou 5 estrelas.”

Além disso, o grupo está avaliar a possibilidade de avançar com “duas pequenas unidades de turismo rural” no Algarve, especificamente na Praia dos Tomates, onde já detém um terreno. Embora não tenha fornecido detalhes específicos, Cecile Gonçalves revelou ainda que o grupo está a considerar também um hotel em Albufeira, com vista para a praia. “Estamos a analisar as propostas que recebemos e a estudar algumas ofertas. Atualmente, estamos focados em Lisboa e no Algarve, pois são locais onde já temos uma base de trabalho estabelecida e onde o turismo é mais robusto.”

Por sua vez, ao analisar as perspectivas para este ano, Raquel Gomes, Chief Operating Officer do grupo, expressou otimismo e confiança no crescimento da atividade em 2024: “As previsões apontam para um crescimento, e nós também percebemos a dinâmica do mercado. Janeiro deste ano apresentou um desempenho significativamente superior ao do ano passado, e as projeções indicam um ano promissor.”

De acordo com Raquel Gomes, as receitas de 10,5 milhões de euros em 2023 foram impulsionadas tanto pela ocupação quanto pelo aumento do preço médio, com uma subida de 6% a 7% neste último indicador. A responsável destacou ainda o comportamento positivo do mercado norte-americano.

O StayUpon Hospitality Group foi fundado em 2007 pelo Grupo Libertas e teve o seu primeiro projeto na área do Alojamento Local, com a inauguração das Casas da Baixa. Desde então, expandiu as suas operações com o Upon Lisbon Prime Residences e o Praia do Sal Resort, em Alcochete.

O ano de 2023 representou um período significativo de expansão para a StayUpon, marcado pela abertura de duas novas unidades hoteleiras: o Upon Angels, no bairro dos Anjos, em Lisboa, com um investimento de 6,9 milhões de euros, e o Upon Vila, em Alcochete, com um investimento aproximado de 9 milhões de euros para a reabilitação do antigo Hotel Alfoz. Com essas adições, o inventário do grupo, anteriormente com 271 Unidades de Alojamento (UA), aumentou para 406.

Quanto às práticas sustentáveis, o grupo recentemente renovou o seu compromisso. De acordo com Paula Pereira, responsável pelo departamento de sustentabilidade do StayUpon Hospitality Group: “Como grupo, estamos cada vez mais empenhados em promover práticas sustentáveis em todas as nossas unidades, impactando com a nossa boa conduta os clientes, colaboradores, fornecedores e a comunidade onde nos inserimos. Temos melhorado a eficiência das nossas construções, de modo a reduzir a nossa pegada ecológica, e as unidades Upon Lisbon Prime Residences e Praia do Sal Resort estão em processo de submissão do primeiro relatório de sustentabilidade do grupo referente ao ano de 2022, tornando-se assim elegíveis para receber, em março, os selos de Sustainability Committed e Sustainability Engaged pelo Turismo de Portugal. Mais concretamente para 2024, pretendemos reduzir o consumo de energia e água, reforçar mecanismos de separação de resíduos nas unidades, sensibilizar colaboradores e hóspedes, e fortalecer parcerias que beneficiem a comunidade e o meio ambiente.”

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img