Sexta-feira, Junho 14, 2024
Sexta-feira, Junho 14, 2024

SIGA-NOS:

Turismo Porto e Norte vai investir mais de 14 M€ na promoção do destino nos próximos 7 anos

O Turismo Porto e Norte delineou, em Assembleia Geral, os seus objetivos estratégicos para os próximos sete anos, destacando a Inteligência Estratégica & Diversificação e a Imagem & Posicionamento do destino como elementos-chave. Também os planos de atividades da Entidade Regional e da Agência Regional foram aprovados, significando um investimento global das duas organizações na ordem dos 14 milhões de euros.

Tendo a Inteligência Estratégica & Diversificação e a Imagem & Posicionamento do Destino como desígnios e a Capacitação & Qualificação, a Sustentabilidade, e a Autonomia Financeira como objetivos estratégicos, a nova visão do Turismo Porto e Norte/ Associação de Turismo do Porto será a de afirmar-se como uma organização de expressão internacional que visa promover o destino Porto e Norte de Portugal “de forma inovadora e competitiva, aportando valor à economia da região, seguindo valores de sustentabilidade e de serviço excecional ao visitante”.

A apresentação, discussão e aprovação da Estratégia para 2024/30 e o Plano de Atividades e Orçamento para 2024 foram os pontos principais da ordem de trabalhos da sessão que decorreu em Matosinhos.

“Tendo como valores o Rigor, o Compromisso, a Confiança, a Transparência, a Inovação e o Conhecimento, os eixos de intervenção na Estratégia 2024/30, incluem a Sofisticação do Destino, a Transferência e Valorização do Conhecimento, a Diversificação da Atividade, a Capacitação e Financiamento e a Comunicação e Articulação Institucional”, indica o Turismo do Porto e Norte em comunicado.

O presidente do Turismo do Porto e Norte, Luís Pedro Martins, congratula-se com a confiança depositada pelos associados, pela aprovação da Estratégia 2024/2030, mas não deixa de referir que só será possível atingir o patamar de sofisticação que todo o setor reclama, “se o destino se unir em volta do mesmo propósito, e não se desperdiçarem oportunidades de fazer crescer em valor toda a Região, sem exceção”.

“Sejamos capazes de nos unir em tempo de abundância, como o fizemos em tempo de dificuldade e, perceber, o valor do turismo na melhoria da qualidade de vida das pessoas que habitam o território”, conclui.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img