Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Varadero é o destino com maior procura na operação da Newblue

Varadero é o destino que tem tido maior procura na operação charter do operador turístico Newblue. Em entrevista ao TNews, Duarte Correia, representante e managing director do grupo W2M em Portugal, que detém o operador, faz um ponto da situação das reservas para o verão.

 “De uma forma geral diria que estamos bem, para qualquer dos destinos. Sem dúvida que Varadero é o destino que teve mais procura com ocupações superiores a 90%. No entanto, Punta Cana com dois voos semanais, um do Porto e de Lisboa, e Cancun, estão todos ao mesmo nível”, refere.

Duarte Correia afirma que o recente problema técnico com a aeronave da companhia do grupo World2fly, que voava de Lisboa para Varadero, em “nada beliscou a operação”.

“Noutros tempos, diria que aquilo teria sido de encomenda, espero bem que não tenha sido. A comunicação social é que saiu mal em toda esta história. Estas situações acontecem com alguma frequência, tanto no nosso país, como noutros aeroportos internacionais. Foi um episódico muito triste. Em nada beliscou a nossa operação”, refere.

Duarte Correia conta que nenhum passageiro a bordo quis cancelar a viagem: “Não tivemos nenhum cancelamento e a prova disso é que, depois da aterragem, questionámos os clientes e ninguém manifestou interesse em sair do avião. Mostraram-se inclusive indignados pela cobertura que alguns canais televisivos deram à situação”.

Porto-Punta Cana: “Vamos sair seja de que maneira for, com 60%, 70% ou 80% da operação”

Para este ano, a Newblue anunciou  duas novidades na operação: voo à partida do Porto para Punta Cana, na República Dominicana, e um voo de Lisboa para Orlando,nos EUA.  “Orlando foi cancelado em abril, não houve procura, e optámos por dar cobertura aos passageiros via Madrid, e substituímos pelo Maiorca e Menorca de Lisboa e Porto, temos mais quatro saídas, duas de Lisboa e duas do Porto”, explica Duarte Correia.

Já quanto à operação do Porto para Punta Cana, com início a 19 de julho, o responsável da W2M garante que vai ser realizada. “Não está ao mesmo nível do que está a operação de Lisboa, mas vamos em frente e vamos sair com o nosso voo para Punta Cana à partida do Porto. Há, relativamente ao passado, alguma desconfiança dos agentes de viagens de que as operações à partida do Porto para destinos como Punta Cana sejam realizadas. Vamos realizar os nossos voos, sendo o primeiro ano e a primeira vez que saímos à partida do Porto, não faz sentido nenhum não fazermos a operação, vamos sair, seja de que maneira for, com 60%, 70% ou 80% da operação”, avança o responsável.

De Lisboa, a ocupação nos voos para Punta Cana e Cancun, no México, “está próxima de Varadero, pese embora existam algumas saídas que não estão tão compostas, mas, de uma forma geral, toda a operação à partida de Lisboa está com 80%, e a operação do Porto está com níveis inferiores. No entanto, não é razão para não avançarmos”, reforça, sublinhado que o grupo está “muito contente” com os níveis alcançados pela operação em Portugal.

Por sua vez, Duarte Correia faz também um balanço positivo da atividade do operador de grandes viagens do grupo, Icárion, que abriu em Portugal sob a liderança de Francisca Ferreira em março deste ano. “Independentemente do portefólio de clientes, que são diversos, o know-how que aportamos na nossa estrutura impulsionou muito as vendas e atingimos os objetivos que nos propusemos para este verão”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img