Quinta-feira, Julho 18, 2024
Quinta-feira, Julho 18, 2024

SIGA-NOS:

Viajantes de negócios da Geração Z e Millennials impulsionam tendência de viagens “bleisure”

-PUB-spot_img

Os viajantes de negócios da Geração Z e Millennials estão a liderar a tendência de reservar viagens que combinam trabalho e lazer, conhecidas como “bleisure”, revela um novo relatório da Hilton Worldwide. No entanto, não são os únicos a adotar esta abordagem, já que a pesquisa aponta para um aumento dessa tendência entre viajantes de negócios de todas as idades.

O relatório da Hilton, baseado numa pesquisa que envolveu cerca de 12.000 viajantes, realizada de 23 de junho a 7 de julho, bem como dados de desempenho da Hilton e observações de executivos-chave, revela algumas tendências.

A nível global e abrangendo todas as faixas etárias, dos 18 aos 75 anos, 46% dos trabalhadores a tempo inteiro e trabalhadores independentes planeiam viajar a negócios em 2024. No entanto, entre os trabalhadores da Geração Z e Millennials, essa percentagem sobe para 53% em ambos os grupos.

O que se destaca é que, entre todos os inquiridos, a Geração Z e os Millennials são os mais inclinados a prolongar as suas viagens de negócios ou a trazer um amigo ou membro da família consigo em 2024. Mais de um terço dos viajantes de negócios nestes grupos etários planeiam acrescentar dias de lazer antes ou após as suas viagens, enquanto 29% da Geração Z e 27% dos Millennials planeiam levar alguém consigo numa viagem de negócios para partilhar momentos de lazer. No entanto, apenas 18% e 13% dos viajantes de negócios da Geração X e Baby Boomers, respetivamente, têm planos semelhantes para o próximo ano.

De um modo geral, os trabalhadores mais velhos planeiam viajar a negócios significativamente menos do que os mais jovens em 2024. Entre os trabalhadores da Geração X, apenas 38% estão a planear viagens de negócios no próximo ano, e este número cai para pouco mais de um quarto dos trabalhadores Baby Boomers que planeiam viajar a negócios no próximo ano.

Outra tendência salientada no relatório é a preferência por realizar reuniões em cidades secundárias, afastando-se dos grandes centros urbanos. Locais como Milwaukee, Albuquerque, N. M. e Fort Myers, Flórida, são mencionados como os principais mercados de crescimento para reuniões nos Estados Unidos. O aumento dos custos em grandes cidades, especialmente nos Estados Unidos e na Europa Ocidental, é identificado como um dos fatores que impulsiona esta mudança.

Além disso, o relatório destaca a mudança nas viagens de pequenas e médias empresas (PMEs), que têm tido um impacto significativo no setor hoteleiro. Anteriormente centrado nas grandes empresas como principal mercado de viagens de negócios, o relatório da Hilton enfatiza que as PMEs são “resilientes” e representam aproximadamente “85% da mistura de negócios transitórios da Hilton”. A empresa hoteleira planeia expandir as ofertas para este segmento em 2024, e a Marriott International também anunciou planos para uma estratégia programática destinada às PMEs e para expandir as ofertas de viagens de negócios no mesmo ano.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img