Segunda-feira, Junho 17, 2024
Segunda-feira, Junho 17, 2024

SIGA-NOS:

WTTC pede aos países que sigam o exemplo de Inglaterra e permitam que os vacinados viajem livremente

O primeiro-ministro inglês confirmou esta segunda-feira, dia 24, a eliminação da exigência de testes Covid-19 para viajantes internacionais totalmente vacinados que chegam a Inglaterra.

Há margem de uma visita oficial, Boris Johnson confirmou a medida que já tinha sido avançada na semana passada. “Embora tenhamos que ser cautelosos, agora estamos a passar pela vaga da ómicron, e podemos ver que os números estão a começar a melhorar”, disse aos jornalistas.

Atualmente, os viajantes vacinados precisam fazer um teste de fluxo lateral dois dias após à chegada a Inglaterra. Qualquer pessoa que testar positivo deve fazer um isolamento de dez dias, embora isso possa ser interrompido com um teste de fluxo lateral negativo nos dias cinco e seis.

Aqueles que não estão totalmente vacinados devem isolar-se por dez dias com testes nos dias dois e oito.

Julia Simpson, presidente e CEO do World Travel & Tourism Council, já reagiu ao anúncio: “O WTTC congratula-se com a decisão do governo de descartar os testes para aqueles que estão totalmente vacinados e que viajam para a Inglaterra. Não há mais necessidade de testes, e pedimos aos ministros do Reino Unido e países ao redor do mundo que sigam o exemplo da Inglaterra e permitam que os totalmente vacinados viajem livremente”.

“Após 18 meses cansativos para o setor de viagens e turismo do Reino Unido, isso proporcionará um grande impulso às empresas em todo o país. Esperamos que também veja o fim dos formulários de localização de passageiros desnecessários”, conclui.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img