Segunda-feira, Maio 27, 2024
Segunda-feira, Maio 27, 2024

SIGA-NOS:

Aeroporto do Porto tem 14 novas rotas este verão e vai ligar a cidade a três novos países

A ANA Aeroportos de Portugal | VINCI Airports divulgou esta terça-feira, dia 28, que o aeroporto do Porto terá 14 novas rotas e conexão a três novos países (Islândia, Letónia e Israel) a partir deste mês de março.

Adicionalmente, foram reforçadas ligações a com Estocolmo, Shannon, Glasgow, Riga, Reiquiavique, Telavive. A gestora do aeroporto destaca ainda o aumento das frequências para Viena, Copenhaga, Berlim, Bristol, Paris (Orly) e Nantes; e o aumento dos voos diretos de longo curso para Luanda, bem como dos voos charter para Cancun e Punta Cana.

Neste balanço da operação para o verão no aeroporto do Porto, há ainda a assinalar seis novas companhias aéreas a operar: airBaltic, Austrian Airlines, Norwegian, PLAY, SAS Scandinavian Airlines e Sun D’Or.

“O aeroporto do Porto continua a aumentar com sucesso as ligações aos principais destinos turísticos, sendo França, Espanha, Suíça, Reino Unido e Alemanha os principais mercados de passageiros dos aeroportos fora de Portugal”, refere a ANA Aeeroportos.

Com este desenvolvimento ativo da conectividade, a ANA | VINCI Airports “obteve uma forte recuperação do tráfego no aeroporto do Porto, que serviu mais de 12,6 milhões de passageiros em 2022, representando um acréscimo de 116,3% em relação ano anterior”, relata a empresa em comunicado.

Por sua vez a empresa gestora sublinha “o contínuo investimento e a consolidação da estratégia de qualidade de serviço, que se refletiu na satisfação dos passageiros e consequentemente na atribuição de prémios, como o que lhe foi atribuído, em março deste ano”. Com base nos inquéritos aos passageiros: o aeroporto do Porto foi reconhecido como o melhor da Europa na categoria de 5-15 milhões de passageiros, em termos de qualidade de serviço – ASQ (Airport Service Quality) – pela ACI (Airport Council Internacional).

No âmbito do plano de ação ambiental da VINCI Airports, o aeroporto do Porto já alcançou o objetivo de zero resíduos para aterro e está empenhado em atingir as emissões NetZero (âmbitos 1 e 2) até 2030, revela a empresa, adiantando ainda que a implementação de projetos de eficiência energética “está em curso, como é exemplo a substituição de iluminação convencional por LED e também o fornecimento de eletricidade às aeronaves quando estacionadas”. Deste modo, “toda a frota de veículos está a ser renovada para veículos com baixas emissões”, remata.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img