Terça-feira, Dezembro 6, 2022
Terça-feira, Dezembro 6, 2022

SIGA-NOS:

Alojamento Local regista em julho taxa de ocupação 25% acima de 2019

O mês de julho registou uma taxa de ocupação de 90% em propriedades de alojamento local em Portugal, uma taxa 25% mais elevada do que em julho de 2019, anuncia a GuestReady, empresa líder de gestão de propriedades de aluguer de férias de curta e média duração.

“O alojamento local está a viver um período de grande procura. A nossa taxa de ocupação em Portugal é superior à nossa média global. No nosso país temos recebido principalmente hóspedes estrangeiros, mas também continuamos a receber muitos portugueses,” afirmou Rui Silva, managing director da GuestReady em Portugal e em Espanha.

Presente em mais de trinta cidades em dois continentes, a GuestReady apresentou agora resultados mais positivos do que no período pré-pandemia não só a nível local como globalmente: a taxa de ocupação global registou também um crescimento de 25% em comparação ao mesmo mês de 2019.

“Estes números mostram como o turismo está a consolidar a sua recuperação pós-pandemia no mundo todo, incluindo Portugal,” explicou Rui Silva, acrescentando que Portugal representou um terço das mais de 16 mil reservas geridas pela GuestReady durante o mês de julho em todos os mercados onde a empresa está presente: Reino Unido, França, Emirados Árabes Unidos e, ainda, Espanha.

Recorde-se que, desde que a GuestReady entrou em Portugal em finais de 2018, cedo conquistou o mercado, gerindo agora mais de mil propriedades em todo o país, a maioria na zona norte. Esta carteira também continuou a crescer mesmo no período de pandemia: entre julho de 2019 e julho de 2022 a GuestReady reportou um crescimento de 350% do seu portefólio no mercado português.

“O nosso serviço completo – da reserva à entrega das chaves ao hóspede – tem permitido conquistar a confiança de proprietários e visitantes,” sublinhou Rui Silva. “Estamos muito confiantes de que agosto vai exceder todas as expectativas e terá uma taxa de ocupação ainda superior a julho”, concluiu.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img