Quinta-feira, Dezembro 8, 2022
Quinta-feira, Dezembro 8, 2022

SIGA-NOS:

Turismo representa 60% do volume de negócio das empresas rent-a-car

O mercado português de veículos ligeiros de passageiros encerrou o mês de julho com um volume de vendas de 16.369 unidades, registando um crescimento de 17,4% face ao mês homólogo do ano anterior, segundo elementos fornecidos pela ACAP. A Associação Automóvel de Portugal defendeu que “a atividade de aluguer de viaturas em regime de curta duração constituiu uma importante componente da economia nacional, com especial destaque para o turismo”, setor que representa 60% do volume de negócios das rent-a-car.

Segundo comunicado de imprensa da ARAC, no canal de rent-a-car as aquisições de ligeiros de passageiros novos atingiram as 4.602 unidades. No que respeita a veículos novos, o conjunto das empresas associadas da ARAC que se dedicam à atividade de aluguer de curta duração (veículos ligeiros de passageiros, comerciais ligeiros, motos e pesados) adquiriram no mês de julho um total de 5.073 veículos face aos 5.411 adquiridos em período homólogo do ano anterior.

O rent-a-car continua a afirmar-se de forma clara como o maior comprador de veículos automóveis novos em Portugal, registando no mês de julho aquisição de 4.602 veículos ligeiros de passageiros, 354 veículos ligeiros de mercadorias.

O rent-a-car é um setor decisivo para a modernização do parque automóvel nacional através da colocação após a utilização dos veículos no comércio, de um número significativo de veículos de ocasião (os chamados veículos semi-novos), substituindo-se assim veículos antigos por veículos recentes e com motores mais eficientes e amigos do ambiente a preços mais convidativos para o público em geral, sublinha a ACAP.

O turismo é atualmente o maior mercado das empresas de rent-a-car, representando cerca de 60% do seu volume de negócios. A ARAC defende que a atividade de aluguer de viaturas em regime de curta duração constituiu uma importante componente da economia nacional, com especial destaque para o turismo. A ARAC representa cerca de 96% das empresas de aluguer de curta duração a operar de forma legal em Portugal.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img