Quinta-feira, Fevereiro 9, 2023
Quinta-feira, Fevereiro 9, 2023

SIGA-NOS:

CEIT e Coimbra Business School lançam projeto de investigação para desenvolver marcas territoriais

O CEIT – Centro Estratégico de Inovação Territorial e a Coimbra Business School | ISCAC apresentaram, na terça-feira, um projeto de investigação que visa mapear, reconhecer e implementar as melhores práticas ao nível da gestão de marcas territoriais em Portugal.

Denomina-se “Portugal Branding – Programa Nacional de Desenvolvimento de Marcas Territoriais” e assume-se como uma plataforma e programa estruturado inédito para a qualificação dos territórios nos domínios do “branding” e do marketing territorial, despertando instituições e profissionais para processos consistentes e continuados de desenvolvimento de marcas territoriais. Nesta fase inicial, o projeto é direcionado para municípios e prevê o reconhecimento público e validação científica do seu compromisso e trabalho desenvolvido neste âmbito, a nível estratégico e operacional.

Segundo explica Cristóvão Monteiro, presidente executivo do CEIT – Centro Estratégico de Inovação Territorial, “uma equipa de especialistas avaliará o estado de maturidade das respetivas marcas territoriais através de uma matriz de critérios subdivididos por cinco eixos de atuação que vão desde a governação à identidade e perceção da marca.”

A matriz foi desenvolvida por docentes e investigadores ao longo dos últimos dois anos e teve como base diversos casos de estudo nacionais e internacionais. Segundo as entidades promotoras do projeto, o que se pretende é criar um referencial científico ao nível da gestão de marcas territoriais e apoiar os municípios na deteção de oportunidades de melhoria e recomendações de evolução para uma autêntica operação estratégica de branding e de marketing territorial.

De acordo com Cristóvão Monteiro, o grande desafio foi juntar um conjunto de marcas territoriais relevantes a nível nacional e de perfis muito distintos, entre elas Albufeira, Alcochete, Baião, Braga, Cascais, Castelo Branco, Castro Daire, Coimbra, Fundão, Lisboa, Lousã, Maia, Palmela, Ponte de Lima, Sertã, Sesimbra e Vouzela.

Para Alexandre Gomes da Silva, presidente da Coimbra Business School | ISCAC, “este é um projeto que cruza duas realidades indissociáveis no contexto da competitividade atual, a investigação científica e a aplicabilidade prática ao nível dos territórios. Estamos também a consolidar cada vez mais o nosso Observatório de Branding Territorial enquanto laboratório nacional de referência ao nível da formação e investigação de marcas territoriais, fomentando o diálogo entre a academia, as empresas, as autarquias e as entidades governamentais”, aponta o responsável.

Durante o próximo ano, está previsto um calendário de atividades complementares onde se incluem workshops, formações avançadas, debates e uma conferência nacional sobre a temática.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img