Sábado, Novembro 26, 2022
Sábado, Novembro 26, 2022

SIGA-NOS:

Como a psicologia do consumidor pode influenciar os preços dos restaurantes nos hotéis?

As expetativas dos hóspedes relativamente à oferta de F&B aumentaram com a subida dos preços médios nos hotéis dos EUA, observa o site Hotels News Now. No entanto, a resposta a essas expetativas pode ser uma dor de cabeça por causa da falta de mão de obra.

No painel intitulado “Profitable F&B? Sounds Delicious!” da conferência 2022 Hotel Data, os oradores falaram sobre a mudança nas tendências de F&B em 2021 e como estão a responder às expectativas mais altas dos hóspedes.

Uma das conclusões é que os diretores de F&B estão a trabalhar mais de perto com os especialistas em revenue management para garantir que os itens do menu tenham o preço mais lucrativo.

“Embora a maioria dos restaurantes de hotéis ainda não esteja promover preços dinâmicos, os dados recolhidos pelo menos semanalmente estão ajudar a informar os diretores quando alterar os menus, disse Steve Palmer, fundador do The Indigo Road Hospitality Group”. A flexibilidade permitiu que a empresa operasse atualmente com os menores custos de alimentação, afirmou.

A mudança no pensamento diário com base nos preços dos quartos e nas expectativas crescentes dos hóspedes forçou os diretores de F&B a pensar fora da caixa para oferecer experiências desejas pelos hóspedes, disse Guido Salvatori, diretor sénior da Duetto, empresa que fornece software de revenue managment. No entanto, vincular todos os dados pode ser um desafio.

“Olhar para esses dados, entendê-los e começar a ajustar os preços e incorporá-los à sua estratégia geral, é difícil”, disse ele.

Richard Garcia, vice-presidente sénior de F&B da Remington Hotels, disse que sua equipa olha para os orçamentos todos os dias para manter o controlo dos custos. A maior surpresa nos dados não é o custo das carnes ou marisco, mas o aumento do preço de bens comuns, como farinha e açúcar.

“Se não estão a prestar atenção a essas comodidades básicas, sugiro que o façam”, disse.

Embora as tarifas mais altas tenham aumentado as expetativas dos hóspedes, também oferecem uma oportunidade para aumentar o teto de itens de valor elevado no menu, considerou Richard Garcia. “Um hóspede hospedado num hotel com uma tarifa de quarto alta provavelmente poderá gastar mais num jantar caro”.

Palmer concordou que há pouca resistência aos preços nos restaurantes da Indigo Road, mas tiveram que retirar alguns pratos de marisco do menu nos seus restaurantes por causa dos preços altos. “Tivemos que fazer algumas mudanças. Há coisas que, em algum momento, simplesmente não nos sentimos bem em cobrar um determinado preço por algo”, afirmou.

A psicologia do consumidor desempenha um grande papel na estratégia de preços, defendeu Palmer. Ao considerar preços e serviços, “há uma pergunta que deve ser feita: os clientes vão voltar? Se os clientes não vão voltar, não importa o que você cobrou pelo bife; não importa o quão certo você pensou que estava. Ouvimos muito”, disse.

A área de F&B não está imune aos problemas de falta de pessoal que enfrentam os restantes departamentos dos hotéis. No entanto, a solução, é a mesma – dar prioridade à a retenção.

“Continuo a dizer à nossa equipa: ‘Não seremos especialistas em recrutamento, então vamos ser entusiastas da retenção’”, disse Palmer. “Sabemos que nossos melhores funcionários vêm de dentro.”

Como uma empresa orientada para a cultura, Palmer disse que a hospitalidade deve ser dirigida em primeiro lugar para o funcionário e depois para hóspede, para que ele possa transmitir uma experiência positiva. Construir uma cultura sólida juntamente com a oportunidade de crescer é um verdadeiro ponto de venda para futuros trabalhadores, disse ele.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img