Quarta-feira, Julho 17, 2024
Quarta-feira, Julho 17, 2024

SIGA-NOS:

Costa Cruzeiros começou a usar energia elétrica no porto de Kiel

-PUB-spot_img

Pela primeira vez, no passado dia 7 de junho, um navio da Costa Cruzeiros foi ligado com sucesso à instalação elétrica em terra do terminal de Ostuferhafen, no porto alemão de Kiel, para reduzir as emissões diretas dos seus motores.

Depois de ser sujeito a testes de integração realizados nas últimas semanas, o Costa Diadema conseguiu ser totalmente alimentado a partir do sistema de energia em terra do terminal de cruzeiros de Ostuferhafen, que forneceu a energia necessária para todos os serviços e necessidades a bordo, enquanto este esteve atracado. Como resultado, o navio pôde desligar os seus motores, eliminando as emissões diretas para a atmosfera.

Durante as 16 escalas que o navio fará em Kiel até ao final do verão, está previsto que o Costa Diadema se ligue à rede elétrica em terra no porto de Kiel. O Costa Diadema está a utilizar o terminal de cruzeiros de Ostuferhafen, localizado fora do centro da cidade de Kiel, como porto de origem para as suas operações.

Em 2024, Kiel será um porto importante para os programas da Costa no Norte da Europa. De 10 de maio a 19 de setembro, o Costa Diadema visitará Kiel todas as sextas-feiras, como parte de um itinerário de uma semana para descobrir os fiordes noruegueses.

Mario Zanetti, presidente da Costa Cruzeiros, diz que “a estreia da energia elétrica em terra na nossa frota é mais um passo no nosso caminho para a descarbonização. Este importante resultado para a Costa foi alcançado graças à cooperação com o Porto de Kiel. Estamos totalmente empenhados em melhorar continuamente o desempenho ambiental dos nossos navios, tanto quando navegam como quando estão atracados”.

Até 2050, a Costa Cruzeiros espera operar uma frota com zero emissões líquidas de gases com efeito de estufa. A empresa está a trabalhar para melhorar ainda mais a eficiência energética da frota já em serviço e para apoiar as autoridades na inovação das infraestruturas portuárias. A Costa Cruzeiros começou por introduzir os primeiros navios movidos a GNL e por ter o compromisso de equipar a frota com ligação elétrica em terra e de trabalhar em estreita colaboração com as autoridades portuárias para encorajar uma maior adoção desta tecnologia. Além disso, introduziu os Sistemas Avançados de Qualidade do Ar (AAQS) em navios que não são movidos a GNL para melhorar a qualidade do ar e reduziu as emissões no porto e no mar, e reformulou rotas para reduzir o consumo de combustível.

Para melhorar o desempenho ambiental da frota, a Costa é apoiada pelo Departamento de Descarbonização Marítima da Carnival Corporation, criado especificamente com o objetivo de desenvolver e testar novas tecnologias para reduzir o impacto ambiental.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img