Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Croácia, Chipre, Grécia e Albânia ultrapassam os números de 2019 em capacidade aérea

A Croácia, Chipre, Grécia e Albânia ultrapassaram os números de 2019 em capacidade aérea, revela uma nova pesquisa do provedor de inteligência de viagens, sobre a recuperação de destinos do sudeste da Europa.

O principal crescimento vem de voos internacionais, o que confirma “que as viagens internacionais continuarão a recuperar em 2023”, afirma a empresa.

A análise foca a capacidade de assentos aéreos em países do sudeste europeu (Croácia, Grécia, Chipre, Bulgária, Grécia, Eslovênia e Albânia), em comparação com 2019, e os preços dos hotéis, em comparação com 2022, para revelar que a recuperação não é uniforme em todos os destinos.

A capacidade aérea da Croácia aumentou 16,1%, impulsionada principalmente por um aumento de 57% na capacidade com a Itália.

A Albânia destaca-se com um aumento de 75% nos voos internacionais face a 2019, ajudada por um aumento de 278% na conectividade com a Alemanha.

Por sua vez, a Bulgária está a “aproximar-se muito dos volumes de capacidade aérea de 2019, com melhores sinais de recuperação nos voos internacionais do que nos domésticos”.

A Eslovénia ainda precisa recuperar a conectividade aérea, com voos programados representando apenas 58% dos níveis de 2019.

Enquanto isso, as tarifas de hotéis continuam subindo para quase todos os destinos nas três diferentes categorias de estrelas.

Os destinos com maiores aumentos de preços Vs 2022 são a Bulgária e a Croácia.

A Albânia é a única exceção, com preços 4,1% abaixo dos níveis de 2022 para hotéis de 4 estrelas (mas acima de 6,3% para hotéis de 3 e 5 estrelas).

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img