Sexta-feira, Abril 12, 2024
Sexta-feira, Abril 12, 2024

SIGA-NOS:

Empresas de cruzeiros querem medidas para aumentar a produção e disponibilidade de combustíveis marítimos sustentáveis

A Associação Internacional de Cruzeiros (CLIA) estima que serão necessárias 44 000 toneladas de combustíveis fósseis sustentáveis na Europa até 2025 para alcançar os objetivos de descarbonização da União Europeia para 2030. Os principais líderes de companhias de cruzeiros reuniram-se em Génova, Itália, a 13 de março para a Cruise Week Europe da CLIA, onde apelaram a que os governos atuem prontamente no sentido de aumentar a produção de combustíveis marítimos sustentáveis.

Durante a Cimeira Europeia, a CLIA informou que estão encomendados 55 navios de cruzeiro, representando um investimento de 33,9 mil milhões de euros nos próximos cinco anos. Os navios de cruzeiro atuais e em construção são os mais avançados e eficientes energeticamente até o momento, enquanto as empresas de cruzeiros continuam à procura de inovações para alcançar uma navegação com zero emissões até 2050.

Apesar dos avanços tecnológicos contínuos na indústria naval, a disponibilidade limitada de combustíveis marítimos sustentáveis é um obstáculo. A CLIA insta os governos a” acelerarem essa transição estabelecendo metas de produção mais ambiciosas, especialmente para combustíveis sintéticos e biocombustíveis”.

Jason Liberty, presidente Global da CLIA, afirmou: “A indústria dos cruzeiros está a fazer enormes investimentos para lançar as bases para um futuro baixo ou nulo em emissões de carbono. A colaboração com os líderes globais e agentes de transformação do nosso setor é fundamental para garantir que os combustíveis marítimos sustentáveis estejam disponíveis, sejam acessíveis e escaláveis. Estamos ansiosos por reforçar as nossas parcerias com portos, governos e comunidades para concretizar plenamente a transição ecológica do setor marítimo.”

A CLIA também destaca a importância de os governos reinvestirem as receitas do setor marítimo no âmbito do Regime de Comércio de Licenças de Emissão da União Europeia para financiar infraestruturas necessárias e apoiar a implementação de soluções de energia renovável a preços acessíveis.

A associação iniciou uma pesquisa que integra infraestruturas de combustíveis, tecnologia e rotas de navegação para identificar os investimentos locais necessários na indústria para alcançar a meta de descarbonização até 2050. Em colaboração com produtores de combustíveis e fabricantes de motores, a indústria de cruzeiros está a explorar uma variedade de fontes de energia sustentável, incluindo biocombustíveis certificados internacionalmente e combustíveis sintéticos eletrônicos, como e-metano e e-metanol. Outras fontes sendo consideradas incluem baterias elétricas, bio-GNL, e-GNL, metanol ou células de combustível de hidrogênio, como parte de soluções híbridas.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img